Família, família

Meu conceito de família é papai, mamãe e filhinhos, não necessariamente desse jeito, mas família p/ mim são as pessoas que moram sob o mesmo teto e que têm algum laço. Avós, tios e primos não entram, p/ mim eles são parentes apenas, não família. Dá p/ entender?? o_o
Esse será de grande valor p/ posts posteriores, caso eu volte a falar de parentes, então vamos lá.
Eu divido meus parentes em 3 grandes conjuntos: os que eu gosto, os que eu não conheço e os que eu não gosto. E há um conjunto menor, composto de apenas um indivíduo, que explicarei por último.
Os que eu gosto: é o conjunto mais fácil são aqueles que eu gosto de graça, desde sempre gostei e eles não precisam nem olhar p/ minha cara se não quiserem, ou nem ao menos falar comigo pelo resto da vida. Eu tenho simpatia por eles e ponto final.
Os que eu não gosto: também é um conjunto fácil na teoria, mas meu critério de seleção é complicado e quem entra nele não sai. É composto obrigatoriamente por todas aquelas pessoas que: a) meu pai não gostava; b) eu soube em algum momento da minha existência que antes mesmo de eu nascer me ignoraram. E também por aqueles parentes inconvenientes que ligam em no máximo 24h antes comunicando que estão chegando na minha casa (sim, eu disse comunicando, não perguntando se podem vir) ou por aqueles que além de fazerem isso não tentam me “comprar” (explicarei mais abaixo)
E por fim, os que eu não conheço: esses são mais complicados, porque eu encaixo até os que eu conheço no meio. Primeiro, entram nele todos aqueles parentes que eu não conheço (sim, tem muita gente que eu não conheço na família da minha mãe), segundo todos aqueles que eu não lembro e terceiro todos aqueles que eu não gosto, mas também não posso afirmar que gosto.
Para os que eu não conheço irem p/ os que eu gosto ou os que eu não gosto vai depender do comportamento deles na minha casa. Ligar até 24h antes de chegar já os fazem perder pontos e caminharem p/ conjunto dos que eu não gosto, mas isso pode ser revertido com a chegada. Eu parto da premissa de que se eu estou na minha casa e não convidei ninguém p/ vir então eu também não tenho que tratar bem, isso significa que eles é que devem tentar me “comprar”. Não falo em trazer presentes nem nada, mas serem educados: pedir água e esperar alguém pegar p/ ele e não perguntar se pode pegar água e sair com o copo e abrindo a porta da geladeira; levantar prontamente após as refeições e ir p/ pia lavar o prato em que comeu; a qualquer sinal de sujeira no chão pegar a vassoura e varrer; procurar deixar o quarto em que dormiu o mais em ordem possível (tirar a roupa de cama e dobrar), varrer o chão (passar o pano seria ideal) e não esquecer luzes ou o ventilador ligado. Com isso eles ganham vários pontos comigo, pq aqui em casa não temos empregdos e não precisamos de ngm p/ ajudar a bagunçar a casa. Outra coisa que eles devem fazer p/ tentar me “comprar” é serem simpáticos e bajuladores comigo. Já disse, a casa é minha, eu não convidei ninguém, então se quiserem uma anfitriã que conquistem isso. Se vão sair, me chamem p/ ir junto mesmo que eu não vá, puxem assunto (que não seja: romance, finanças e faculdade), perguntem sobre Vitória (pontos turísticos, o que tem p/ fazer, p/ visitar) e se eu posso mostrar esses lugares. Gentileza sempre, mas sem falsidade, por favor. Seguindo o scrip os que eu não conheço podem ir p/ conjunto dos que eu gosto.
Sim, eu sou extremamente chata com meus parentes, principalmente pelas coisas que o conjunto “eu não gosto” fez. Coisas absurdas envolvendo falso moralismo e inveja, que nem convém falar. Então é só falar que tem um gene do mesmo DNA meu que já fico com um pé atrás. E nem ligo se muitos me acham chata e metida, eu sei quem eu sou e não preciso da opinião deles.

Continue Reading

Quase 100%

Vou ser otimista e dizer que estou quase 100% pq fica mais legal do que só lamenta…
Fiz 2 cirurgias quarta-feira p/ tirar os malditos sisos que brotaram na minha boca do nada. Sim, brotaram pq há cerca de um ano eu não tinha nem vestígios de sisos e em setembro do ano passado lá estavam 3 dentes lindos, dois formados e prontos p/ nascer e um pseudo-dente pronto pra se formar…
Foi tudo tão rápido, dia 6 de janeiro eu liguei p/ consultório, semana passada eu fui lá conversar com o dentista e quarta-feira eu já estava sentada na cadeira operando. Perfeito! Nem tive tempo p/ pensar no sofrimento que passaria.
Eu não sou sadomasoquista, mas me diverti tanto com isso, que se eu tivesse uns 10 sisos eu tiraria sem nem me preocupar. Eu não senti absolutamente nada na cirurgia, não doeu nem p/ aplicar anestesia. Eu ficava me perguntando o tempo todo se eu estava sentindo dor, pq eu não estava. E olha que o dentista teve que furar o osso do maxilar p/ tirar o dente inferior esquerdo que nem tinha se formado ainda e o osso do meu maxilar é extremamente duro. Nem depois da cirurgia, nem em casa, nem à noite, nem hora nenhuma eu senti qualquer tipo de desconforto no maxilar. Nem estou muito inchada. Mas em compensação, minha coluna ta me matando e meu sistema digestório resolveu ajudar nesse processo me dando uma quantidade exorbitante de gases presos que me causam dores e enjôos impressionantes!
Nessa brincadeira, já emagreci outro kg e o melhor: tomando sorvete!
Responderei aos comentários aos poucos, vlw a quem se preocupou =)

Siso se escreve com “S”, sendo então, sinônimo de juízo. Eu jurava que a grafia era com “C” ou que isso pouco importava pq no tio Google aparece o resultado p/ dente pouco importa com que letra vc escreve. Yeah! Polypop tbm é cultura.

Continue Reading

Yahoo Family Park

Domingo eu fui ao Yahoo Family Park, um parque aquático que tem por aqui, mais ou menos perto da minha casa.
Minha mãe comprou o título do clube na planta, mas só fui lá 3 vezes, contando com essa, nem carteirinha fizemos ainda (e nem vamos fazer \o/)
Mamys foi levar minha prima e a família p/ conhecerem o parque e quem sabe comprarem aquilo, já que ngm usa msm.
Eu nem entrei nas piscinas, só fui no parque seco e na fazendinha e tirei algumas fotinhas.
Achei um saco! Juro!!!! E nem foi pq eu não entrei na água, tava muito sol, um calor insuportável e mesmo na sombra eu não estava aguentando… Nasci por engano num país tropical! Não conheço ngm mais que fica de mau humor ou passa tanto mal no calor qto eu.
Passei tanto mal com o calor que no dia seguinte eu só conseguia dormir!!! Não quero nem pensar na hipótese se eu tivesse ficado nas piscinas naquele sol escaldante…
Babei muito num pavão que ficou todo prosa passeando pelo parque aquático e pelo avestruz fofo *____*~~ bichinhos fofos =D
Andei de montanha-russa com minha priminha de 9 anos e foi tão divertido vê-la gritando huiahuiahuia a montanha-russa era bem pequena e ela se apavorou!! adooooroo \o/
Nem fui nos outros brinquedos do parque seco por causa do sol e depois a prima foi lá p/ água e eu fiquei com mamys mofando no sol..
Algumas fotinhas abaixo:

Yahoo! Yahoo! Yahoo! Yahoo! Yahoo! Yahoo!

Quimera: “Vocês não têm nada? Assim, mais que amizade?”
Senti minha coluna congelando com a pergunta. Será que Anna tinha contado aquilo pra alguém? Será que as pessoas estavam notando algo de diferente? Mas tentei afastar todas aquelas perguntas da minha mente enquanto respondia. “Não, somos apenas amigos, mais que isso, na verdade, mas Anna é como uma irmã pra mim.”

Continue Reading