Teoria do prato de leite

cookie
Donos de gatos sabem que os gatos odeiam estranhos e que as pessoas tentem se aproximar deles muito rápido. Com o gato tem que ser tudo com muita calma e paciência, sem afobação.
Se você quer conquistar um gato tente uma aproximação devagar, não deixe o bicho acuado, dê espaço e tempo necessário para ele te conhecer e reconhecer como ser confiável.
Gatos são curiosos, gostam de mistério e ficam instigados quando não são o centro das atenções. Então demonstrar um pouquinho de desinteresse as vezes pode ser interessante.
Fingir que ele não está por perto, desviar o olhar e não ficar encarando por muito tempo faz você ganhar pontos com o gato.
Todos sabem que gatos gostam de leite* e oferecer leite a um gato é uma forma de conquista-lo. Mas não saia correndo com o prato de leite atrás do gato ou ele fugirá de você. Você deve colocar um pratinho com leite em um local próximo ao gato e esperar até que ele chegue perto para tomar.
Essa é a teoria do prato de leite. E sabe o que é o mais incrível? Ela também pode ser usada em humanos. #ficadica

*Não é recomendável dar leite de vaca para gatos, o mais indicado é aquele leite especial vendido em pet shops.

Continue Reading

500 days of summer

(4/5)
500 dias com Ela (em português), 2009.
Sinopse: A história do filme mostra a vida de Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt), um cara normal com vida medíocre e trabalhador de uma empresa de cartões congratulatórios. Apesar de ter certa estabilidade, Tom sentia-se incompleto. Até que sua vida ganha euforia atípica a partir do momento que Summer Finn (Zooey Deschanel) se torna sua colega de trabalho, e posteriormente seu objeto de desejo. Eles acabam se apaixonando, contudo o desgaste das situações adversas acaba os separando. Ele acredita em amor. Ela não. E esse pé-na-bunda faz Tom passear sob diversos aspectos de sua vida.
Opinião: Filme inteligente, muito bem feito, fotografia linda, mas eu acabei de entrar em depressão pós filme 3 dias depois de ter assistido. Que ódio desse filme maldito. A trilha sonora é linda, perfeita, mas depois que eu assisti eu não consigo ouvir mais nada (com exceção de Quelq’un m’a dit, que é perfeita, mesmo com um filme p/ estragá-la). É uma comédia romântica, mas não é nada clichê como as outras e tem muita realidade para 1h e meia de filme, vale a pena assistir, mesmo que seja p/ morrer de ódio ou depressão depois.

Continue Reading