Monthly Archives:October 2011

  • Um Dia

    Post Image

    David Nicholls
    (4/5)
    Sinopse: Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas – vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.
    Opinião: Até agora não sei se eu gostei, amei ou odiei o livro. Foi um dos livros mais diferentes que eu já li.
    A narração é boa e a forma como a história foi contada é bem diferente. Gostei dessa coisa de a cada ano contar um pedacinho da história dos dois.
    O início eu fiquei bem impolgada p/ ler, pois já tinha lido várias resenhas e pessoas falando que amaram o livro e coisa e tal. E as primeiras páginas eu devorei nessa impolgação querendo saber o que tinha de bom, mas pouco tempo depois isso esfriou. E até achei um pouco chato. Li várias páginas arrastando e não sentia aquele tesão em ler. Esfriei minha relação com o livro na viagem para Grécia e só fui fazer as pazes com ele de novo lá no final, quando aparece a Silvye.
    Não que a leitura fosse ruim, mas é que eu não achei nada que me prendesse na história, nesse trecho. Sorry, não achei o livro tão perfeito assim.
    Então meu relacionamento com o livro melhorou e eu voltei a ficar toda feliz e impolgada para ler quando de repente: puft! Meu chão desaba e o autor ferra com a história toda. Por que? Por que? Por que?

    */INÍCIO SPOILER/*
    Eu tive que reler umas 5 vezes que a Emma morreu e mesmo assim não acreditei e só lendo as páginas futuras para perceber que era verdade. Como assim?! Na hora que eles finalmente ficaram juntos e estavam felizes de verdade essa desgraça foi acontecer? Fiquei em choque! Queria tanto que eles tivessem um bebê e continuassem felizes e terminasse o livro com vontade de saber mais da vida deles… mas não ¬¬
    Não achei o livro ruim por causa disso. Aliás, no meu filme favorito (Cidade dos Anjos) a protagonista morre no final e nem por isso deixo de gostar da história.
    Eu gosto de finais felizes e esperava um final feliz em Um Dia também, mas não foi isso que não me fez gostar do livro.
    O que eu não gostei mesmo foi do marasmo e da narração arrastada em algumas partes. O Dexter beberrão e suas farras e drogas eram um saco de aturar!
    */FIM DO SPOILER/*

    Mas continuando… eu me identifiquei bastante com a Emma em algumas partes e lendo a história dela com o Dexter, no início, com ela mandando cartas enormes para ele, me fez lembrar da minha adolescencia, enviando cartas gigantes para meu “amigo”, os telefonemas que duravam horas e tudo mais, quase me fez chorar ao lembrar disso tudo. Mas fora isso, minha história foi completamente diferente da história de Em e Dex.
    É um bom livro sim, mas na minha opinião não tem nada demais. Não achei um livro tão marcante assim, apesar da ótima narrativa e do bom enredo.

  • Sorteio: 4 anos de Polypop!!

    Post Image

    Dia 12 de novembro o Polypop faz 4 aninhos e para comemorar vou fazer dois sorteios lindos para as leitoras (eu sei que tenho leitores também, mas como a maioria são de meninas, vou fazer um sorteio especialmente p/ elas).
    Comprei esses mimos especialmente para minhas leitoras que me acompanham nesses 4 anos de blog e como esse é o primeiro sorteio de aniversário, resolvi caprichar um pouquinho, espero que gostem.



    Kit Mulherzinha:
    – 1 máscara de dormir
    – 1 kit de pincéis
    – 1 necessaire
    – 1 lipbalm de uva
    – 1 estojo de sombras
    – 1 mini-hidratante de maçã verde


    Kit Papelaria:
    – 1 kit de pincel e flanela para limpeza de notebook
    – 1 caderninho brochura
    – 1 kit de lápis
    – 5 marcadores de página

    REGRAS

    Quer participar?! Basta seguir as regras abaixo:

    1. Seguir o perfil @polypop no Twitter
    2. Curtir a página do blog no Facebook (clica ali do lado em “Like”)
    3. Ter um endereço de entrega no Brasil
    4. Preencher o formulário abaixo

    Irei realizar o sorteio por meio do Random.Org no dia 09.12 e divulgarei o resultado aqui mesmo no dia 10.12.
    Serão duas sorteadas e as vencedoras terão o prazo de 05 (cinco) dias para responder o e-mail de contato, caso contrário realizarei um novo sorteio.

    As imagens dos produtos são meramente ilustrativas, pois comprei os mimos pela internet e a maioria ainda não chegou, mas tentarei postar a foto de tudo antes de enviar.

    OBS: Não coloquei prazo de envio dos mimos nas regras, pois no final do ano o serviço postal costuma atrasar e como ainda não recebi todos os mimos não sei se estarão aqui ao final do sorteio, mas tentarei postar tudo até 30 dias após o sorteio, como sempre venho fazendo.

    CHANCES EXTRA

    Quer ter mais chances de ganhar?
    Basta divulgar a frase abaixo no Twitter e preencher o formulário mais uma vez com o link da divulgação:

    No aniversário de 4 anos do blog da @polypop eu quem vou ganhar presentes! Serão dois sorteios no dia 09/12 http://bit.ly/puUAIY VEM GENTE!

    Como faz p/ divulgar no Twitter?! Vc posta a mensagem, depois vc clica na hora que a mensagem foi publicada e vai abrir uma nova página, vc pega o endereço da página e cola no formulário

    Cada vez que você twittar a frase poderá enviar um novo formulário (só tome cuidado com o flood).

    Concorda com as regras? Então preencha o formulário abaixo

    FORMULÁRIO

  • Elixir

    Post Image

    Hilary Duff
    (5/5)
    Sinopse: Com seus dezessete anos, Clea Raymond vem sentindo o brilho dos holofotes desde que nasceu. Filha de um renomado cirurgião e uma importante política, ela se tornou uma talentosa fotojornalista, refugiando-se em um mundo que a permite viajar para diversos lugares exóticos. No entanto, após seu pai ter desaparecido em uma missão humanitária, Clea começa a perceber imagens sinistras e obscuras em suas fotos revelando um belo homem que ela nunca viu antes. Quando o destino faz Clea se encontrar com esse homem, ela fica espantada pela conexão forte e instantânea que sente por ele. Conforme se aproximam e se envolvem no mistério do desaparecimento do pai de Clea, eles descobrem a verdade secular por trás dessa intensa ligação.
    Opinião: Desde que eu soube que a Hilary Duff escreveu um livro eu tive vontade de lê-lo, mas ainda não tinha sido lançado no Brasil e quando foi lançado eu não estava em condições de comprar e fui deixando… até que finalmente, por pura sorte, fui sorteada no Twitter e ganhei o livro + marcador + colar da Clea do site HDBR. *_*
    Confesso que não acreditava na capacidade da Hilary de escrever, achei que ela seria uma escritora clichê escrevendo livros bobinhos, mas me surpreendi com Elixir na lista dos mais vendidos e com todo sucesso que a Hilary fez na Bienal do Livro do RJ. o_O
    A narrativa é boa, mas as vezes um pouco confusa, como na parte que são narrados os sonhos da Clea.
    Mesmo assim é o tipo de história que te prende até o fim. Alguns trechos achei os diálogos bem bobinhos, mas cativante, mesmo assim. Achei bem parecido com Fallen, só que com mais ritmo e não há anjos na história.
    A parte que se passa no Brasil é bem divertida e fiquei tentando imaginar uma americana sambando e tive vontade de rir. ^_^
    E a maioria das partes com o Sage são de tirar o fôlego.
    Me surpreendi positivamente com o livro, pois não esperava tanto. Agora estou louca de vontade de ler a continuação que ainda não há previsão de lançamento no Brasil.


    Colar e a caixinha que ganhei com o livro