Monthly Archives:January 2014

  • Mailbox #27

    Post Image

    Recebi diversas coisas esse mês, mas a preguiça não me deixou postar antes.
    Primeiro, uma comprinha que fiz no Beleza na Web.
    mbjan1
    Comprei o shampoo e o condicionador de água de coco da Aquaflora. Como tenho usado bastante a piscina nesse calor, comprei um shampoo e um condicionador mais em conta para ir alternando com os meus da L’Oreal.
    O cheirinho é delicioso e eu gostei bastante do resultado. Mesmo com todo cloro, meu cabelo não está nada ressecado.
    O Biolage da Matrix é um termo protetor que eu uso antes da prancha, passo no cabelo úmido, deixo secar e prancho.
    O sérum Liss Ultime da L’Oreal eu uso antes e depois da prancha. Se tornou um dos meus queridinhos.
    O pH Balancer veio de brinde e eu ainda não usei.

    mbjan2
    Essas coisinhas vieram de uma troquinha que fiz com a Aline. Adorei TUDO! E vou usar o estojinho, as canetas, a borracha e o bloquinho na faculdade ^_^

    Da editora Arqueiro eu recebi essas cortesias
    mbarqueirojan5
    No início do mês chegou esse calendário de mesa. Não fotografei as páginas internas, mas tem capas dos livros e data de aniversário dos autores queridinhos.

    mbarqueirojan4
    Kit do livro Enfeitiçadas (resenha aqui). Veio com um chapéu de bruxa que pulou do pacote quando eu abri.

    mbarqueirojan3
    Comecei a fotografas os livros e o Muffin veio ver o que era. Livro, gato meio preto e chapéu de bruxa. Se eu tivesse vivido na mesma época que a protagonista da história teria sido levada pelos Irmãos.

    mbarqueirojan2
    Livro Segredos e Mentiras e Muffin de gato propaganda.

    mbarqueirojan1
    Os dois livros juntos com o gatinho fazendo charme.

  • Livro: Enfeitiçadas

    Post Image

    AS_ENFEITICADASJessica Spotswood
    (5/5)
    Editora Arqueiro
    2014
    272 páginas

    Sinopse: Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido?
    Prepare-se para se encantar com os jovens pretendentes de Cate, abominar o ódio e a repulsa que os Irmãos dedicam a meninas e mulheres, e aguardar ansiosamente pela sequência de As Crônicas das Irmãs Bruxas.

    Opinião: Assim que li a sinopse desse livro fiquei louca para ler! Adoro livros (e qualquer outra coisa) que envolvam a temática “bruxa”, principalmente quando as histórias são mais antigas, que se passam no século XIX, como essa.
    O livro conta a história de Cate, Maura e Tess, três irmãs órfãs de mãe que enfrentam os medos de crescer em uma sociedade dominada pela religião e que não apoia o desenvolvimento intelectual e a independência das mulheres.
    A narrativa é em primeira pessoa e contada por Cate, a irmã mais velha. Cate e suas irmãs são bruxas, mas ninguém pode saber. Antes de morrer, a mãe das meninas,, que também era bruxa, pediu que Cate cuidasse das irmãs e as protegesse.

    Gabrielle é inocente. Eu não sou. Fui perversa e traiçoeira, usei magia mental contra meu próprio pai. As palavras dos Irmãos ressoam na minha cabeça. Eu sou bruxa. Devia ter sido eu, não ela.
    P. 83

    A sociedade de Nova Inglaterra é muito machista e conservadora. Qualquer mulher com comportamento suspeito é levada pelos Irmãos.
    Antes de completar 17 anos as mulheres devem indicar suas intenções com quem irão se casar ou anunciar que vão servir à Irmandade. Caso a jovem não faça sua escolha, os Irmãos encontrarão um pretendente para ela.

    – Ler é a fuga perfeita para qualquer coisa que a aflija.
    P. 89

    Cate está prestes de completar 17 anos e fazer seu anúncio à congregação, mas ela não sabe que decisão tomar devido à promessa que fez à sua mãe de proteger as irmãs.
    Além de todas as preocupações, Cate ainda tem que lidar com a nova governanta, Elena, que chegará para ensinar bons costumes às meninas e apresenta-las à sociedade.
    Um amigo de infância de Cate a está cortejando. Paul parece ser o candidato ideal para marido. Eles se dão bem, já foram amigos e se conhecem bem, mas caso se case com Paul, Cate deverá se mudar com ele para Nova Londres e ficar longe das irmãs.
    Ela também tem a opção de fazer parte da Irmandade e ir para um convento, mas a ideia lhe parece pouco convidativa, apesar das jovens no convento poderem ler e estudar à vontade.

    – Mas seu coração bate mais forte quando está perto dele? – Os olhos azuis de Maura assumem um ar sonhador. – Nos meus livros, o coração da heroína sempre bate forte. Você fica com vontade de desmaiar quando ele toca na sua mão? Ou quando ele diz o seu nome? Sente que vai morrer se ficar longe dele, ainda que só por um dia?
    P. 100

    Nesse meio tempo, Cate fica mais próxima de Finn, o jardineiro e filho da dona da livraria da cidade e a amizade entre eles cresce a cada dia.
    Enquanto esse turbilhão de coisas acontece, Cate procura por respostas no diário da mãe. Ela busca por qualquer pista sobre que decisão tomar para se ajudar e ajudar suas irmãs.
    Mas quando ela finalmente encontra o diário, ao invés de respostas e ajuda, o que ela encontra é uma profecia e ainda mais responsabilidade.

    – Acho que não. Mesmo sem levar isso em consideração, três bruxas em uma só geração… Nunca ouvi falar disso. Nem nos velhos tempos. – Antes do Terror, ela quer dizer. – E agora… você mesma leu. Todas as sacerdotisas foram assassinadas, e houve caça às bruxas durante o início deste século. Algumas preferiram não se casar e ter filhos. No caso das que se casaram, é muito raro que mais de uma filha manifeste os poderes. Três bruxas em uma só geração é algo precioso.
    P. 134

    Cate não pode confiar em ninguém e a cada descoberta da jovem parece que a solução fica ainda mais difícil de ser encontrada.
    Eu achei muitas semelhanças entre o livro e a série de TV Charmed. Talvez pelo fato de serem 3 irmãs e de Cate, ser a irmã mais velha, a mais protetora e a que não gosta de usar magia.
    A história é muito envolvente. Tem mistério, suspense, magia, romance… e flui em um ritmo muito bom. Eu comecei a ler e não quis mais parar!
    E o final… WOW! Tem uma incrível reviravolta e uma ponte perfeita para a continuação.

    A Mãe acreditava na profecia. Elena acredita nela. A Irmandade acredita nela.
    Como irei impedir os acontecimentos?
    P. 216

    Preciso elogiar a Editora Arqueiro por todo trabalho feito no livro. Em primeiro lugar, assim que o livro chegou, abri o pacote e saltou um chapéu de bruxa de dentro dele. Achei genial!!
    Depois vem o magnífico trabalho feito na capa. Além dessa beleza toda que vocês podem ver pela imagem, ela tem uns brilhinhos bem singelos, que dão um toque mágico!
    A diagramação interna também ficou belíssima. Os capítulos são iniciados em uma nova página, que tem margens detalhadas e uma fonte cheia de detalhes nas primeiras palavras.
    AMEI DEMAIS!
    Mal posso esperar pela continuação!

  • Livro: A cidade dos segredos

    Post Image

    A_CIDADE_DOS_SEGREDOSSash Gould
    (5/5)
    Editora Novo Conceito
    2014
    256 páginas

    Sinopse: Laura foi enviada para o convento logo depois da morte de sua mãe. Passa a maior parte dos dias em silêncio, e, apesar de ser tolerante e obediente, no fundo da alma não consegue aceitar a ideia de viver ali para sempre. Uma noite, sem maiores explicações, Laura é informada de que seu pai a quer de volta em casa. Feliz da vida, ela começa a se preparar para rever sua irmã mais velha, Beatrice, que há algum tempo deixou de responder suas cartas. O que ela jamais imaginava era chegar durante o velório de Beatrice, que morreu em uma situação inexplicável. Agora, o pai de Laura ordena que ela se case com Vincenzo, noivo de Beatrice, um homem muito mais velho e de aparência repugnante. A sociedade Segreta faz um pacto com Laura e promete ajudá-la a se livrar de Vincenzo – e a descobrir quem matou Beatrice. Sem alternativas, Laura é obrigada a depositar todas as suas esperanças nas mãos dessas mulheres enigmáticas. Mas até que ponto se pode confiar na palavra de alguém?

    Opinião: Comecei a leitura sem maiores expectativas, para dizer a verdade, nem a sinopse do livro eu li, mas resolvi iniciar e leitura assim mesmo.
    A história começa com uma moça sendo encontrada morta nos canais de Veneza. E então passa para o convento, onde Laura, uma jovem de 16 anos, vive desde a morte de sua mãe, há 6 anos.
    Nesses momentos iniciais não sabemos qual a relação entre a morte e a noviça e não há qualquer pista para que haja alguma ligação entre essas mulheres.
    A vida de Laura no convento é triste e monótona e ela vive de relembrar o passado com sua família e amigos, em especial com sua querida irmã Beatrice.
    Os primeiros capítulos com Laura no convento são cheios de flashbacks da infância de Laura e Beatrice.

    – Oh, querida! – A velha abriu um sorriso. – Que todos os prazeres de sua vida lhe tragam um entusiasmo como este e sejam assim, fáceis de preparar.
    P. 9

    Um dia Laura é chamada à sala da abadessa, que lhe comunica que ela está indo embora, sem lhe explicar o motivo. Assim que chega ao antigo palácio onde morava Laura procura por sua irmã Beatrice, mas tudo o que encontra é um caixão.
    Beatrice, a melhor nadadora de toda Veneza morreu afogada. E como ela estava noiva de Vicenzo, um velho asqueroso que iria salvar a família de Laura da miséria, Laura terá que substituir a irmã no matrimônio.

    O sentimento de perda é uma serpente negra que se move dentro de mim; ela se mantém enrolada ali, à espreita, poderosa. Acho que nunca mais me deixará.
    P. 23

    Felizmente, antes do casamento, Laura é abordada pela Segreta, uma sociedade secreta formada por mulheres e tem a chance de ser salva. Tudo que ela precisa fazer é contar um segredo e então a Segreta poderá salvá-la do destino trágico.

    – Você percebe, Laura? Um segredo pode cortar mais profundamente do que qualquer lâmina.
    P. 83

    Além da preocupação com Vicenzo, Segreta e seu pai, Laura conhece um pintor chamado Giacomo que mexe com ela, mas eles não podem levar o relacionamento a diante devido a diversos fatores sociais e familiares.
    A narrativa é escrita em primeira pessoa, pela visão de Laura e o livro é bem dinâmico. A história flui muito bem e a cada capítulo que se passa mais envolvente ela fica.
    No início do livro eu não imaginava que a história pudesse ser tão atraente e conduzisse para um mundo tão mágico e incrível.
    Adorei a forma como a autora interligou a trama e nos deixou com gostinho de querer mais ao fim de cada capítulo.

    Meu pai dá um riso curto, sem contentamento.
    – Laura, não há amigos em Veneza. Me deixe sozinho.
    P. 102

    O livro é cheio de reviravoltas e suspense e eu nunca imaginei que teria aquele final! Foi simplesmente surpreendente!
    Apesar de ter ficado com um gostinho de quero mais, eu não fiquei muito feliz com a ideia de que o livro possui uma continuação.
    Fico curiosa sim para ler mais sobre Laura e tudo mais, mas para mim a história já está terminada. Não encontrei pontos que precisassem ser melhores explicados, então não imagino de que modo acontecerá a continuação da história.

    – Lembra-se, Laura, de eu ter dito que você está ligada a nós? Bem, também estamos ligadas a você. Se alguma vez você estiver correndo perigo, me procure.
    P. 178

    Quanto à diagramação, eu gostei bastante do trabalho da editora. A capa é belíssima, a máscara nos remete totalmente à Veneza e tem esse clima de mistério e sedução que nos atraem para a leitura. O miolo é simples, mas bastante agradável aos olhos.
    Encontrei um ou outro erro de digitação, mas nada que atrapalhasse a leitura.