Lançamentos literários de fevereiro #2

Editora Novo Conceito


ENDERSENDERS
Com o banco de corpos da Prime Destinations destruído, Callie já não pode alugar-se para os assustadores Enders. Mas os Enders ainda podem entrar em sua mente e obrigá-la a fazer coisas que não quer. Como machucar alguém que ama. Somente remover o chip salvaria a vida de Callie — mas isso também silenciaria a voz em sua cabeça que pode pertencer a seu pai. Callie tem lampejos de de memória de sua ex-locatária em sua cabeça, também… e Old Man retornou, causando medo. Quem é real e quem está se mascarando em um corpo adolescente?

POR_TODA_A_ETERNIDADEPOR TODA A ETERNIDADE
Tully Hart é uma mulher ambiciosa, movida por grandes sonhos que, na verdade, escondem as lembranças de um passado de abandono e dor. Ela acredita que pode superar qualquer coisa ao esconder bem fundo os sentimentos de rejeição que carrega desde a infância… Até que sua melhor amiga, Kate Ryan, morre. Então, tudo começa a mudar para Tully, que se vê escorregando em um precipício cheio de memórias melancólicas e remédios para dormir… Dorothy Hart — ou Cloud, como era conhecida nos anos 1970 — está no centro do trágico passado de Tully. Ela abandonou a filha repetidas vezes na infância. Até que as duas se separaram de uma vez por todas. Aos dezesseis anos, Marah Ryan ficou devastada pela morte da mãe, Kate. Embora seu pai e seus irmãos se esforcem para manter a família unida, Marah transformou-se numa adolescente rebelde e inacessível em sua dor. Tully tenta aproximar-se de Marah, mas sua incapacidade para lidar com os sentimentos da afilhada acaba empurrando a menina para um relacionamento infeliz com um rapaz problemático. A vida dessas mulheres está intimamente ligada, e a maneira como elas vão rever seus erros e acertos constrói um romance comovente sobre o amor, a maternidade, as perdas e o novo começo. Onde há amor, há perdão…

DIAS_MELHORES_VIRAODIAS MELHORES VIRÃO…
A vida de quatro mulheres muito diferentes se entrelaçam de formas inesperadas neste novo romance da autora best-seller Jennifer Weiner. Cada mulher tem um problema: Jules Widgren, formanda de Princeton precisa de dinheiro para ajudar o pai dela a curar seu vício; A dona de casa Annie Barrow está desesperada para ficar financeiramente estável; India Bishop anseia por ter um filho, um desejo que sua enteada Bettina só pode considerar com profundo ceticismo até ela se encontrar em uma situação inesperada. Dramas interligados, concebidos para enredar o leitor e construir um best-seller.

TEMPO_DE_MUDANCASTEMPO DE MUDANÇAS
Em um hospital em Bury St Edmunds, Daniel Blanchard está morrendo. A amiga Maggie May é sua companheira nesta jornada até o fim: senta-se ao seu lado todos os dias, segurando-lhe a mão e ouvindo histórias de sua vida, seus arrependimentos e seus segredos: os filhos que nunca conheceu e que, provavelmente, nunca conhecerá. Lydia, Dean e Robyn não conhecem o pai e também não se conhecem. Ainda… Todos eles estão passando por uma fase de mudanças e de dificuldades: Lydia carrega as cicatrizes de uma infância traumática e, embora seja rica e bem-sucedida, sua vida é solitária e confusa. Dean é um jovem sobrecarregado por uma responsabilidade imprevista, cuja vida está indo para lugar nenhum. E Robyn começou a faculdade de medicina, mas sente que alguma coisa não está certa. Três jovens com histórias muito diferentes, mas que se sentem igualmente perdidos e à procura de alguma coisa, como se faltasse um elo para dar sentido às suas vidas. E então, quando eles percebem que seus caminhos estão se cruzando, tudo começa a mudar…

POSEIDONPOSEIDON
Galen é o príncipe de Syrena enviando à terra para encontrar uma garota que pode se comunicar com peixes. Emma está de férias na praia quando ela litaralmente corre de encontro a Galen. Ambos sentem um conexão, mas vai demorar vários encontros incluindo um mortal com um tubarão para Galen se convencer dos dons de Emma. Agora se ele pelo menos pudesse convencer Emma de que ela segura consigo a chave para seu reino… Contado a partir de ambos dos pontos de vistas, Emma e Galen, aqui está uma história de peixe fora d’água, humor que intriga e ondas de romance.

Continue Reading

Segunda Pop: Boys x Girls

Uma das coisas que eu mais gostava nos anos 90 (apesar de nunca ter admitido isso) era a rivalidade entre as boys e girls band e os fãs querendo a todo custo provar que sua banda era melhor que a do outro (não briguem gente, já sabemos que as Spice Girls foram as melhores).
E por causa de toda essa rivalidade sempre tinha CDs com coletâneas de músicas das bandas ou revistas Jovem Pan com CD.
Depois de ligar 10 vezes para a Jovem Pan e para o Disk MTV eu pegava meus CDs e ia ouvir feliz da vida.
Lembrando disso, resolvi fazer uma playlist com o melhor das boys e girls band dos anos 90. Aperte o play e reviva os anos dourados dos grupos.
boysxgirls

Girls x Boys (90s) by Poly on Grooveshark

Continue Reading

Desafio 52 semanas: Semana 6

OS SUPER PODERES QUE EU GOSTARIA DE TER SE FOSSE UM SUPER-HERÓI SERIAM…

5 – Elasticidade
Elasticidade é algo que eu não tenho. Sabe aquele exercício de alongamento de ficar com as pernas esticadas, em pé e colocar a mão no pé? Eu pego no joelho! Como eu queria ser mais flexível e ter mais maleabilidade no corpo, viu?!

4 – Voar
Por favor, quero para agora! Só porque deve ser muito divertido sair do primeiro andar e ir para o segundo sem precisar de escadas, elevadores, etc. Ajudaria a fugir de tumultos também.
superhomem

3 – Telecinese
A capacidade de mover objetos com o poder da mente. Ahhh como isso facilitaria minha vida de preguiçosa… Já pensou, não precisar levantar da cadeira para pegar água ou apagar/acender a luz?

2 – Super-velocidade
Quem nunca invejou o The Flash correndo que atire a primeira pedra. Eu não consigo nem andar mais rapidinho para pegar o ônibus saindo do ponto, quem dirá correr… Logo, a super-velocidade é um super-poder que eu teria.
flecha

1 – Invisibilidade
Para sumir em situações chatas e constrangedoras, por favor. Sabe quando você está de boas andando na rua e então vem aquele conhecido chato em sua direção? Pois é, a invisibilidade acabaria com esse problema.

PS: sim, todos os meus superpoderes seriam usados para fins egoístas MUAHAHAHAHAHA

Continue Reading