Eu adoro festejar, comemorar aniversário, Natal, receber amigos, cozinhar para as pessoas, arrumar a casa para receber convidados, mas preparar tudo dá um trabalhão!
Antigamente era muito mais fácil organizar uma festinha ou reunião com amigos, mas hoje em dia temos tantas opções que fica até difícil decidir.
Na minha luta por programar meu aniversário acabei achando vários sites legais e dicas interessantes. Nunca pensei nisso com mais afinco, mas depois que comecei a pesquisar acho que seria legal dividir um pouco com vocês.
A primeira coisa que eu descobri foi que existe festa para TUDO. Isso não é uma coisa óbvia, porque para mim, até outro dia receber amigos para um lanche em casa era apenas isso, e não uma ocasião especial com direito a tema, cores, guardanapos diferentes e toppers nos sanduíches.
Mas quem gosta de festejar mesmo, tudo vira uma oportunidade para isso, então que tal anotar algumas dicas?

1. Verifique o orçamento
Todo mundo fala que a primeira coisa a se analisar em uma festa é o número de convidados e eu acho isso balela, a primeira coisa a ver quando se pensa em uma festa é o orçamento. Não adianta eu querer fazer um churrasco para 100 pessoas se eu só tenho dinheiro para comprar 2 espetinhos na esquina. A partir do orçamento é que devemos pensar em tudo. O orçamento restringe ou amplia o tema, o número de convidados, a variedade de doces, etc.

2. Escolha o tema
Já definindo o orçamento, é hora de escolher o tema da festa. Apesar de existirem mais de 5000 opções diferentes para festas de criança, acho que é mais difícil escolher tema para festa de adulto. Quando eu era criança, cada ano eu tinha uma princesa Disney favorita ou um desenho ou personagem favorito. É só as mães prestarem atenção no que os filhos mais assistem, falam ou brincam que é fácil definir o tema. E adulto como faz? Eu acho mais fácil escolher o tema de festa de adulto por cores, o que já é bem amplo, se formos analisar quantas cores existem no mundo! Mas também pode ter outros temas: Boteco, Anos (60, 70, 80, 90…), Livros (Harry Potter, THG, Cinquenta Tons), Mario Bros e o que mais a imaginação mandar.

hogwarts-express-muggles-welcome

3. Convidados
Agora sim pode escolher os convidados. Você já sabe quanto pode gastar, já pensou em um tema e agora só precisa pensar nas pessoas que quer convidar. Só família? Família e amigos próximos? Toda turma da faculdade/trabalho? Faça uma lista aproximada das pessoas que quer convidar só para ter uma noção de convidados e começar a planejar o cardápio.

4. Lugar
Com o número aproximado de convidados verifique se o lugar onde você planeja fazer sua festa suporta todo mundo. Também pense no clima na época do ano que você planeja festejar. Não é possível prever se o dia que você escolheu vai chover ou fazer sol, mas dá para calcular mais ou menos. No Sudeste sempre chove mais no verão (dezembro a março) do que no inverno (junho a agosto). No Sul faz frio de verdade no inverno, já no RJ e no ES só faz frio se chover. Com essa pequena noção é possível planejar a festa ao ar livre, na piscina, dentro de casa, etc.

5. Cardápio
É minha parte favorita. Selecionar comidinhas e bebidinhas. Gosto de pensar em todos os convidados que estarão presentes para tentar agradar a maioria. É bom verificar se tem alguém com alguma restrição alimentar ou de dieta no grupo e fazer uma opção para ela. A pessoa se sentirá especial e terá uma ótima impressão da sua festa.
Será jantar/almoço ou apenas um coquetel com salgadinhos? Se for servir uma refeição que não precisa de pratos e talheres para comer não há necessidade de cadeiras para todos os convidados.
Se não for servir refeição, a média é de 12 salgadinhos, 8 docinhos, 2 fatias de bolo, 200ml de água, 600ml de refrigerante e 2 latas de cerveja por pessoa. Isso evita que falte comida na sua festa.
Geralmente eu penso mais em salgadinhos e jantares, mas também há opções de churrasco, pizza, sanduíches, fondue e caldos.

capri_sun2jpg

foto_blog_2

6. Lembrancinha
Mas isso não é coisa só de criança? Claro que não! Adultos também adoram receber um mimo. Existem diversas opções que podem ser úteis para os mais velhos: caderneta, água personalizada, kit ressaca, garrafinha de cachaça, aromatizador, hidratante para mãos, guloseimas, etc. E as lembrancinhas de criança ultrapassam as meras guloseimas e brinquedinhos de plástico.

7. Decoração
Eu sempre penso decoração, lembrancinha e cardápio junto. Assim que seleciono o tema e as cores vou pensando junto na decoração.
Hoje em dia a decoração não fica restrita a balões, pode-se abusar em tecidos, pompons de papel, luminárias, fitas coloridas, flores.

laine6

8. Convite, Save the date e RSVP
Sempre ouvi que a regra para entregar de convites é de um mês de antecedência, mas dependendo do evento e de onde mora o convidado acho legal enviar um Save the date com no mínimo 3 meses de antecedência. Se o evento for mais íntimo e você tiver contato constante com os convidados, você já pode ir avisando que planeja fazer com antencedência e uns dias antes só ligar confirmando a presença.
Eu faço assim nas minhas festinhas de aniversário: entre 3 e 2 meses antes envio o Save the date por e-mail, próximo à data (até 20 a 15 dias antes) envio o convite (impresso ou virtual) e vou pedindo para as pessoas confirmarem o RSVP (faço um formulário no Google, envio o link no e-mail do convite e as pessoas confirmam com 2 cliques no mouse).

convite-circo
Farei outros posts com mais dicas e inspirações para festas, mas já para ir colocando as ideias no papel e começar a se programar.