ACONTECEU_EM_PARISMolly Hopkins
(5/5)
Editora Novo Conceito
2013
480 páginas

Sinopse: Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris.Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos… E seu tutor, Rob, é bonito demais!
O primeiro romance de Molly Hopkins é um livro que todo mundo gostaria de ler. É verdade que você pode se incomodar com o comportamento de Evie quando ela descobre que Rob é muito rico, e pode até ser que você ache que Rob é exageradamente controlador. Mas nada é maior que as gargalhadas que você dará quanto mais conhecer a garota descomedida, apaixonada e com um imenso coração que é Evie. Uma moça como muitas que conhecemos.

Opinião: Pela sinopse já sentia que seria um desses livros que eu leria rapidinho e que seria ótimo, mas não imaginava tanto!
Evie é consumidora e desorganizada como a Becky Bloom e vive tentando emagrecer e parar de beber como a Bridget Jones, então assim que eu identifiquei essas características me apaixonei definitivamente por ela!
O livro conta a história de Evie, uma recém desempregada que decide mudar os rumos na carreira e escolher uma profissão onde ela pode viajar bastante, beber, sair à noite, conhecer pessoas e ainda receber por isso. Assim, ela teve a ideia de ser guia de turismo. Fez um currículo todo enfeitado e conseguiu a vaga. Só que além dela não entender nada de grupos de viagens, no seu primeiro dia de trabalho, em uma viagem internacional para França, ela conseguiu esquecer sua bolsa com o itinerário, dinheiro, cartão de crédito, celular e… passaporte!
Rob, o motorista do ônibus, a socorre nesse primeiro momento e a ensina tudo que ela precisa sobre como ser guia de turismo. E além de atencioso, Rob é lindo e sedutor.
Claro, que Evie se apaixona por ele e durante o livro todo vemos como o relacionamento deles é construído.
Há tempos que eu não lia um chic-lit, sem ser escrito pela Sophie Kinsella, tão bom assim. Eu não quis ir com muita expectativa ou já ir dando algum crédito para a Molly Hopkins, mas depois de ler os primeiros capítulos, é impossível não gostar da escrita e se envolver com a história.
Só deixo um sobreaviso para os fãs de Sophie Kinsella e Helen Fielding, Aconteceu em Paris é um livro com um pouco mais de tempero e Evie e Rob transam igual coelhos. Cenas que eu nunca li em nenhum livro da Bridget ou da Becky tem de montes nesse. Mas não achei que isso atrapalhou, pelo contrário, ajudou bastante a construir a identidade da Evie.
O design da capa, a diagramação e o miolo do livro não tem nada de excepcional, é um trabalho bem simples até, mas o kit da Novo Conceito que veio com o livro é maravilhoso! Tem a sacolinha de TNT, o travesseirinho inflável e o belíssimo marcador em formato da Torre Eiffel.