Comer, Rezar, Amar

Elizabeth Gilbert
(5/5)
Sinopse: Quando completou 30 anos, Elizabeth Gilbert tinha tudo que uma mulher americana moderna, bem-educada e ambiciosa deveria querer um marido, uma casa de campo, uma carreira de sucesso. Mas não se sentia feliz: acabou pedindo divórcio e caindo em depressão. “Comer, Rezar, Amar” é o relato da autora sobre o ano que passou viajando ao redor do mundo em busca de sua recuperação pessoal.
Opinião: Já tinha assistido ao filme e amado. Nesse exato momento eu soube que deveria ler o livro, pois saberia que amaria ainda mais. Só tinha um porém, Comer, Rezar, Amar não é o livro mais barato da livraria, então fiquei procurando uma promoção boa para comprá-lo. Na hora que o encontrei por um preço bem camarada na Saraiva não hesitei nem um pouco em trazer o bonitinho pra casa ^_^
O livro é melhor que o filme, óbvio e bem melhor do que eu esperava. Deliciei cada linha e cada experiência da Elizabeth como se eu estivesse vivendo aquilo tudo. Terminei de ler o livro feliz e leve, como se estivesse encontrado meu próprio equilíbrio.
O único ponto negativo em ter assistido ao filme antes foi que eu fiquei imaginando a Julia Roberts nas cenas e a voz que narrava tudo era a da Julia :S #aloka
Passei por alguns problemas como os da Elizabeth e quando ela encontrava alguma solução para os seus problemas eu conseguia ver outro caminho para meus próprios problemas. Parece que passei a enxerga a vida de uma outra forma.
Incrível como um livro pode fazer a gente se sentir assim.
É impossível uma pessoa comum não se maravilhar com os lugares e experiências da autora e querer vivenciar aquilo tudo também. Fiquei impressionada com tudo vivenciado pela Liz e queria fazer o mesmo, nem que fosse por pelo menos um mês.
O bacana foi que ela realmente viveu a cultura dos lugares por onde passou, não foi uma viagem superficial só vendo pontos turísticos e as belezas das cidades, ela realmente se incorporou na cultura local e absorveu tudo que podia e isso é ótimo tanto para ela que viveu as experiência, quanto para os leitores que tiveram uma vivência mais real e profunda.
Não consigo encontrar palavras para dizer o quanto amei o livro e posso até parecer meio repetitiva nas minhas palavras, mas é tipo um dos melhores livros ever e acho que todos devem ler, ao menos uma vez na vida. Vale muito à pena!

Veja também

9 Comentários

  1. Ownnn! Li esse livro em um momento que eu tava vivendo quase a mesma situação que a Elizabeth. E o engraçado foi que as coisas “se resolveram” quando terminei de ler, pq foi quando conheci outra pessoa, e era uma pessoa que morava longe de mim e blablabla auhauhauha então me identifiquei tremendamente!
    Talvez até fosse meu psicológico, né *-*
    auhauha
    Mas o importante é que eu gostei mto, mas ainda não vi o filme.

  2. Oi Poly!
    Primeiro que tudo, obrigada pelo comentário no Espaço Indefinido. Volte quando quiser :)
    Aqui em Portugal, tanto o livro como o filme “Comer Rezar Amar” fizeram o maior sucesso. Confesso que nunca tive muita curiosidade neles. Sei lá, não fazem o meu tipo de leitura ou de filme. Por todas as resenhas que li e comentários ao filme que ouvi, me parece muito “auto-ajuda”, sabe?

  3. Nossa eu ameeei esse livro também *-* também achei melhor que o filme xD
    Tive essa mesma vontade sua de viajar tipo um mês para conhecer bem a cultura do lugar =]
    bjo cumadi ;*

  4. Mais um livro que eu precisooo ler e depois ver o filme pra comparar, hehe^^
    Pelo que você falou deve ser muito bom, quero imaginar também todas as experiências vividas por Elizabeth.

    megaa bjoo
    ;**

  5. Oi Poly!
    Ai que bom que você leu “Comer Rezar Amar”! É um dos melhores livros que li até hoje porque eu me encontrei em muitos pontos, situações da Liz. E outra, as falas, os pensamentos, nossa, mexeram muito comigo! Como eu li bem antes de sair o filme não imaginei ninguém no papel dela a não ser ela mesma, rs…
    Mas com certeza é um dos livros que as mulheres principalmente deveriam ler!

    Beijos!

  6. Eu assisti o filme e adorei só um ponto negativo achei muito longo e ficou cansativo, mas o livro deve ser com toda certeza muito melhor =)

  7. Acredita que ainda não consegui assistir nem o filme!? =/
    Uma amiga estava me falando que gostou bastante também, ontem ela me ligou dizendo que tinha conseguido o livro pra ler. Depois vou ver se leio também.
    Eu prefiro ler primeiro, porque se vejo o filme antes também fico imaginando os personagens como os atores, rsrs. Gosto de imaginar as coisas do meu jeito e depois conferir o filme, rs.
    É legal quando um livro consegue transportar a gente pra outra realidade e até mesmo transformar a nossa visão, né?! =D É por esse e outros motivos que eu AMO ler <3
    Beijo.