Acabei entrando no clima de Páscoa e pegando conjuntivite (“de olhos vermelhos, de pêlo branquinho…”) na minha segunda semana de férias. How cool is that? ¬¬
Minha prima foi na casa do irmão dela, onde todos estavam com conjuntivite. Aí ela veio cheia de vírus e se enfiou aqui em casa com o filho. No dia seguinte à visita os dois amanheceram com os olhos vermelhos inflamados e eu já comecei a ficar mega paranóica lavando as mãos toda hora e passando álcool nas mãos e nunca em hipótese alguma encostando as mãos no rosto.
Mas isso não foi o bastante, no terceiro dia minha mãe pegou nos 2 olhos e no outro dia eu acordei com o olho esquerdo completamente inchado. Parecia que eu tinha levado um soco bem dado na cara (confissão nada sexy).
Meu desespero com a conjuntivite se resume a um fato: óculos.
Eu odeio usar óculos, mas com os olhos desse jeito não há outra opção a não ser ficar com o acessório no rosto. T_T
Mas fora isso até que não é tão ruim assim. No primeiro dia eu lavei bastante o rosto, colocava compressas de gelo no olho e lavava com água gelada. No segundo dia meu olho amanheceu quase normal, apenas vermelho no cantinho e sem arder nem nada. Nem parecia que eu tinha alguma coisa.
O triste é ficar de óculos e sem poder usar maquiagem nos olhos D:
Como eu gosto de denegrir minha própria imagem, olha só que coisa linda:


No dia que começou: com um ovo na cara, parecendo que apanhei muito na rua (seria muito mais emocionante que um simples vírus…) #sexynonono
Dois dias depois: olhos praticamente normais, com exceção do vermelhinho no canto esquerdo. fiquei vesga na foto

Para saber mais da doença, veja mais:


Conjuntivite
A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, que é a membrana que reveste o “branco” do olho, podendo causar alterações na córnea e nas pálpebras.

Sintomas:
• olhos vermelhos,
• secreção (o tipo depende da causa),
• lacrimejamento,
• pálpebras inchadas,
• sensação de corpo estranho nos olhos.

Como evitar:
Por tratar-se de uma doença em que o contagio acontece pelo contato físico do olho com as mãos, objetos, piscinas ou toalhas contaminadas

Todos estes cuidados devem ser verificados por pelo menos 15 dias desde o início dos sintomas nos indivíduos contaminados, já que durante este período as pessoas com conjuntivite podem ainda apresentar contágio, evitando repassá-la para outras pessoas.

Os sintomas destas conjuntivites virais são mais acentuados na primeira semana e podem durar até 4 semanas. Devido à facilidade de contágio, é comum o comprometimento dos dois olhos.

Tratamento:
Para melhorar os sintomas, lave os olhos e faça compressas com água gelada, que deve ser filtrada e fervida, ou com soro fisiológico.

Fonte: ABC da Saúde e Boa Saúde