Parte 1

Continuando minhas aventuras na cidade de luzes ofuscantes…
Quase não dormi de domingo para segunda porque além das expectativas normais da viagem, na segunda-feira eu finalmente iria conhecer o Leo! Quem não sabe, eu conheço o Leo desde 2001, nos conhecemos no fórum das Spice Girls e minha amiga de escola, Mari, o conheceu no fórum da Sakura (que eu também frequentei umas vezes) e ficávamos eu e minha amiga falando dele no recreio. O tempo passou e a gente continuou amigo, pensamos e programamos o encontro diversas vezes, mas só agora ele foi acontecer.
eu e Leo
Combinamos pelo MSN trocentos e cinquenta lugares para a gente comer e montamos um roteirinho na minha agenda fofa (com mapa e tudo!) de onde iríamos na segunda e na quarta.
Marcamos de nos encontrar no metrô Consolação na hora do almoço para irmos comer no The Fifties. Acabamos indo até lá andando e conversando. O encontro foi normal, pelo menos para mim. Era como se a gente estivesse conversando pelo MSN, só que ao vivo e sem precisar teclar. ^_^
The Fifties
No meio do caminho para a lanchonete nos perdemos e passamos duas vezes em frente ao vão do MASP, mas nem foi tão ruim, só aumentou nosso apetite. Pedi o Turkey Burger porque o London não tinha a cebola caramelizada, um suco enorme de melancia e dividimos uma batata frita individual. O que quase matou a gente de tanto comer. Por pouco não encalhamos naquele sofá e ficamos ali até o fim do mundo.
Turkey Burger
Mas nossa lista de lugares para ir no dia só estava começando, então criamos coragem de encarar o sol de novo e fomos para a Liberdade!
Fomos a todas as lojas fofas, livrarias e supermercados do bairro e fizemos a festa *_* Entramos primeiro na Lucky Cat, uma lojinha que tem quase em frente ao metrô da Liba. É uma loja mega fofa e dá vontade de sair comprando tudo que tem lá, mas meu conselho é se controlar e andar mais um pouco (vai lendo…). Depois fomos entrando aleatoriamente em todas papelarias nos arredores, até virarmos na rua dos Estudantes para irmos na Fonomag. E ali, tem a nova perdição em fofura: Tanuki Presentes! Lá tem mais fofura junta que a Lucky Cat e minha mão coçou muito de vontade de comprar tudo, mas novamente, eu só olhei e deixei minhas dilmas guardadas na carteira. E finalmente fomos na Fonomag.
Leo estava procurando livro/revista de Pre Cure e como eu não entendo bulhufas de japonês nem de animes fiquei olhando as capas das revistas de comida, principalmente as que ensinavam a montar bentos fofos #gordasafada.
De lá fomos nos supermercados na missão de encontrar MARSHMALLOW DE PUDIM, mas o máximo que chegamos perto foi de uma etiqueta marcando o preço do produto na prateleira (que estava sem o marshmallow de pudim). Mas em compensação compramos todos os biscoitos de koalas que encontramos e Kit Kat de todos os sabores. Não lembro mais em que supermercado encontramos o que, mas são vários e todos ficam na rua Galvão Bueno, quase que em frente um do outro, então não tem erro.
Ikesaki
Depois eu quis ir na Ikesaki, que é simplesmente a maior loja de produtos de beleza que eu já vi na vida. A loja é enorme, lotada e tem todo tipo de xampu, condicionador, hidratante e ampolas para hidratação de cabelo. Não tive muita paciência de ficar pesquisando as coisas porque além de enorme, a loja estava lotada e as filas para os caixas não davam folga. E olha que são duas lojas na Liba, uma quase que em frente a outra (só fui na que fica na Galvão Bueno), imagino que deva dar um lucro tremendo!
E partimos para os shoppingzinhos. Fomos em um que fica em frente à Ikesaki e no outro que fica ao lado da Ikesaki.
No que fica ao lado, assim que você sobe a rampa, em frente tem uma papelaria cheia de coisas fofas (não sei o nome dessa loja). Principalmente papéis de carta e adesivos. Gostei dos preços dos bloquinhos auto-adesivos e dos papéis de carta. *_* Quase morri de fofura fazendo comprinhas lá. Mas depois de comprar algumas coisas, quis voltar na Tanuki para terminar as compras de fofuras e constatei que os preços na papelaria do shoppingzinho são melhores em alguns produtos.
Bom, depois de uma tarde de compras, é claro que já estávamos com fome de novo, então enquanto esperávamos o Lamen Kazu abrir ficamos andando por ali e descobrimos a Fancy Goods. Uma outra loja bem fofa. Se eu a tivesse visto antes, acho que deixaria várias dilmas por lá, mas agora fica para a próxima.
lamen kazu
Assim que o restaurante abriu para a janta, os dois gordos safados foram entrando e escolhendo um prato de lamen no cardápio. Só que fomos com muita fome ao pote e além do lamen pedimos uma porção de gyoza, achando que seriam um aperitivo para a janta, que seria uma tigelinha de “miojo”. Mas não!
A porção de gyoza é bem generosa (vieram 6 pasteizinhos) e só chegou quando estávamos no meio do lamen, que também vem em uma porção muito generosa. Digo com convicção que aquilo está mais para uma bacia de lamen do que qualquer outra coisa. E é delicioso! O caldinho tem um sabor maravilhoso e os legumes, o macarrão e a carne também são bem saborosos. Sem contar o gyoza que estava ótimo.
Comemos tanto que praticamente voltamos rolando para a avenida Paulista. A vantagem foi que andamos demais, então todas calorias adquiridas foram embora rapidinho e as que não foram ficaram armazenadas para o show da Madonna que encaramos no dia seguinte.