Dia 27 teve show do Latino de graça na Praça e minha prima de 10 anos que estava aqui de férias estava doida p/ ir então fui lá com ela.
Eu não curto mto essas coisas, mas férias sem nada p/ fazer, vamos lá morrer pisoteadas em plena Praça pública \o/
O show estava marcado p/ começar as 10h da noite, mas umas 8h chegamos lá em frente ao palco e conseguimos ficar bem na grade. A banda de abertura do show foi Bon Jovi Club (namorado da Thatá – minha amiga – é vocalista e Murilo é guitarrista) e apesar das barangas ficarem gritando pedindo Latino e soltando algumas vaias, achei eles bem melhores que a atração principal e animaram bastante p/ uma banda cover de Bon Jovi que só cantou músicas em inglês. Ponto p/ eles!
Às 10 e alguma coisa começou o show do Latino com ele cantando “Renata, ingrata…” (eu vou ao show, mas sei que todo mundo que leu isso cantou essas 2 palavras no ritmo certinho). Depois ele cantou alguns covers (“I’ve gotta a feeling” do BEP foi uma), cantou aquela outra “disgramada a catchaça…” e aquela da copa (“você deu mole a bola entrou” ) e eu peguei a prima e vim embora. Juro que saí depois de 4 músicas, mesmo ficando mais de 2 horas em pé esperando o homem.
Vamos lá:
1. A prefeitura teve a idéia G-E-N-I-A-L de colocar a grade de proteção e na frente da grade uma “área vip” para pessoas que por algum critério misterioso conseguiram pegar as pulseirinhas cor de laranja e chegar lá às 10h da noite e ficar na frente de uma multidão. É óbvio que isso não ia dar certo.
2. O Latino é aquele cara flop que fica rebolando e levantando a blusa e as mulheres ficam histéricas gritando por ele. Fazer isso na TV é uma coisa, ao vivo… cada vez que ele requebrava eu era esmagada contra a maldita grade de proteção por milhares de barangudas, gordas e “fãs” (elas conheciam as músicas, as coreografias e compravam fotos e chaveiros dele, vai falar que não eram fãs?) do Latino. Aquilo era quase uma tortura pra mim.
3. É óbvio que a grade não iria dar certo. Quando os “vips” chegaram as pessoas começaram a xingar e a implicar e a ameaçar jogar coisas e vomitar (sim, isso mesmo) neles. Depois, eles começaram a pular as crianças p/ “área vip” (minha prima foi nessa), mas depois as barangas começaram a pular também o_ô E eu no meio daquele empurra-empurra, com barangas me espremendo e pulando sobre mim.
4. Vamos falar sério! Latino por acaso é música p/ ouvidos de alguém? Ele pode animar a galera, fazer hits chicletes, mas música mesmo passa longe. Então, ser esmagada e pisoteada por gordas barangudas para ver um cara (que já tá velho, convenhamos) que nem canta direito é ser muito suicida. Então a minha saída de lá tardou, mas foi o ideal… A prima tirou fotos e fez vídeos e agora pode mostrar p/ amiguninhas dela que ela viu o Latino de perto, então missão cumprida!
Ainda falando de rocks furados da última semana de férias… eu fui chamada p/ ser jurada (de novo) de um concurso de beleza, que eu nem lembro mais o nome.
O concurso foi sábado, mas na sexta-feira as meninas desfilaram em carroças (sim, carroças, aquelas que os jumentos puxam) pela praia. Eu fui lá ver a cara das barangas para ver como eu deveria me vestir para julgá-las e p/ minha infelicidade elas eram barangas mesmo O_O
Tipo, elas saíram desfilando nas carroças e eu fui andando com mamys pelo calçadão um pouco p/ trás e quando elas passavam o pessoal ficava rindo e comentando coisas do tipo: “que mico!” e coisas mais baixo nível! Vergonha alheia TOTAL por elas e dózinha também, porque mesmo elas não sendo lindas, não precisava humilhar né?!
E sábado foi o concurso propriamente dito e eu fui bem simplezinha mesmo (com o mesmo vestido que fui na aula da saudade e fiz uma make casual branco e dourado) e nada demais e ainda ainda a fotógrafa que trabalhava na agência ficou me elogiando (e ela ainda nem tinha visto as candidatas…).
Escolhi as mais aceitáveis p/ representar o Brasil no exterior e as meninas voltaram p/ casa feliz da vida com a faixa, então tá.
O ponto alto do concurso foi a discussão entre os fotógrafos! A ex fotógrafa da agência (que foi jurada também e estava fotografando) e o fotógrafo que presta serviços p/ agência atualmente. O novo fotógrafo entrava na frente dos jurados para fotografar as meninas (aquilo me irritava porque eu não via as coisas desfilando de frente), aí a antiga fotógrafa pediu p/ ele não entrar na frente e ele disse que precisava e ela falou que ele não precisava e que era um péssimo profissional e grosso e ficou nisso. E eu lá do ladinho presenciando tudo…
Aí ela se levantou p/ ver e fotografar melhor as meninas e acabou a discussão… no fim ele pediu desculpas e tals, mas achei super non sense o barraco >< até porque nenhum dos 2 são fodões e deixam passar detalhes essenciais na foto :x #prontofalei