oimcoThe Mortal Instruments: City of Bones, 2013
(4/5)
Sinopse: Clary Fray (Lilly Collins) presenciou um misterioso assassinato, mas ela não sabe o que fazer porque o corpo da vítima sumiu e parece que ninguém viu os envolvidos no crime. Para piorar a situação, sua mãe desapareceu sem deixar vestígios e agora ela precisa sair em busca dela em uma Nova Iorque diferente, repleta de demônios, magos, fadas, lobisomens, entre outros grupos igualmente fantásticos. Para ajudá-la, Fray conta com os amigos Simon (Robert Sheehan) e o caçador de demônios Jace Wayland (Jamie Campbell Bower), mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão.

Opinião: É uma história cheia de ação, lutas, caçadores, monstros. A maior parte das cenas são de ação. O filme tinha tudo para ser ótimo, mas deixou a desejar em alguns pontos.
Tem várias cenas clichês, com falas bem piegas e algumas coisas bem descontextualizadas…
Eu li o livro ano passado e já tinha me esquecido de alguns detalhes, mas eu tinha ~quase~ certeza de que o filme se passava em Nova York, mas aí entram os atores falando com sotaque britânico (SÉRIO!) e eu fiquei um pouco perdida até passarem os táxis amarelos. Por que os atores precisavam ter um sotaque britânico tão carregado?
Claro que não é uma obra totalmente fiel ao livro, mas não é ruim por causa disso. Algumas cenas são melhores, outras piores e assim vai.
O que eu não gostei mesmo foi o fato de algumas coisas que só seriam reveladas nos próximos livros foram reveladas de cara no filme.
A trilha sonora é uma merda. Muitas músicas não tinham NADA a ver com a cena e fiquei com vontade de apertar o mute na hora da cena do beijo (pena no cinema não tem essa opção). A música da Demi Lovato não é ruim, mas não combinou em nada com a cena, que por sinal é bonita por causa daquele jardim lindíssimo.
Algumas coisas são bem corridas, como a passagem pela Cidade dos Ossos ou quando Hodge explica sobre os Instrumentos Mortais. E olha que com toda essa rapidez, o filme tem 130 minutos!
Eu fui com minha mãe assistir ao filme e ela gostou bastante e não ficou cansada com a extensão do filme. Então acho que isso não é um problema.