Hannah Montana, o filme (Hannah Montana, The Movie, 2009)
(3/5)
Sinopse: Na medida em que a popularidade de Hannah Montana cresce e passa a tomar conta da vida da garota, Miley Stewart (Miley Cyrus), encorajada pelo pai (Billy Ray Cyrus), sai em viagem a sua cidade natal, Crowley Corners, no Tennessee, para tentar compreender o que mais importa na vida.
Opinião: Eu nunca tinha assistido ao seriado da Disney pq sempre achei uma cópia barata de Lizzie McGuire e como boa fã da Hilary Duff isso era inaceitável. Mas passou na HBO esses dias e eu deixei gravando no decodificador para depois assistir e é legalzinho.
Filme da Disney sempre nos deixa com um bom astral depois que termina e com esse não poderia ser diferente. É completamente besta, não vale a pena gastar dinheiro locando ou tempo baixando, mas se você não tiver nada melhor p/ fazer na sua vida, assista. Tem músicas da Miley do início ao fim, mas eu só conhecia The Climb (por causa do X-Factor), então p/ mim isso não fez diferença.

Escolhida
P.c. Cast
(5/5)
Sinopse: Neste terceiro livro de The House of Night os acontecimentos tomam um rumo misterioso e perturbador. Zoey tenta encontrar uma solução para ajudar Steve Rae, que luta para manter sua frágil humanidade, antes que ela se transforme em um monstro. Entretanto, salvar sua melhor amiga significa ir contra Neferet, e para conseguir o que quer, Zoey acaba se aliando a uma inesperada pessoa, tornando-se sua confidente e parceira. Para complicar, o horror atinge a Morada da Noite quando dois assassinatos ocorrem. Zoey se vê num drama pessoal e numa posição realmente delicada. Deve guardar segredos, até mesmo de seus amigos, tomar decisões muito importantes, e agora que acabou se envolvendo com um terceiro cara, deverá lidar com os três, já que não consegue se decidir entre eles.
Opinião: Achei melhor que os outros dois, apesar não gostar quando explicam os acontecimentos dos livros anteriores, mesmo com linguagem bobinha e completamente adolescente o sexo foi abordado de forma bastante explícita. Sem querer ser hipócrita, eu e meus coleguinhas já sabíamos todos os termos “feios” referentes a sexo que são usados como xingamento antes mesmo da 5ª série (6º ano), mas ler isso em um livro voltado p/ público juvenil é meio assustador. Se é que vocês me entendem…