Ontem teve show do Kid Abelha aqui em Vitória e eu fui ^_^
Fomos eu, mamys, uma amiga dela e a filha da amiga. Fomos de mesa e ficamos lá sentadinhas curtindo o show. A abertura foi com a banda Trilha, mas chegamos um pouco atrasadas e perdemos uns 30 minutos do show da abertura.
O guitarrista da banda foi meu professor na faculdade, eles tocam pop/rock e animaram bem a galera *_*
Adorei o set deles, teve Coldpaly, Paralamas, Lulu Santos… perfeito demais!!
Teve gravação de uma matéria pro Conexão Geral e a Tati Wuo pediu participação da platéia #mico #coisasdecapixaba
E entre a banda Trilha e Kid Abelha, os técnicos ficaram montando o palco e testando iluminação. Não sei se isso acontece sempre em shows do Kid Abelha ou se é coisa de Vitorinha, mas ficou mto FEIO.
Aí entrou a Paulinha Toller fofissíma de short branco, baby look de lantejoulas brancas, casaquinho rosa e uma flor na cabeça cumprimentando a platéia *_*
A primeira música foi Nada Sei e foi lindo o Álvares inteiro cantando junto com eles. Eu não lembro mais o set list, mas além dessa, eles tocaram também: Glitter de Principiante, Na rua Na chuva Na fazenda, Grand Hotel, No Meio da Rua, Amanhã é 23, Eu só penso em você, Dizer Não é Dizer Sim, Veio do Tempo, Garotos, Lágrimas e Chuva, Maio, Eu tive um Sonho, Fixação e Te Amo pra Sempre.
Na hora de Te Amo pra Sempre, a Paula Toller pediu pra todo mundo levantar e dançar, até o pessoal das mesas. Aí virou aquela festa!!!! Todo mundo cantando e dançando junto. Perfeito!
Então eles fizeram aquele charminho… Paulinha se despediu, agradeceu e a banda saiu do palco, mas foi só público começar a gritar que eles voltaram e tocaram Como Eu Quero, Alice e Pintura Íntima.
Antes de Pintura Íntima a Paula perguntou: “vcs querem uma música nova ou uma antiga” e todo mundo gritou: “ANTIGA!!!” e começou a mais esperada da noite *_*
O clímax da noite foi ela falando no meio da música: “vamos fazer um social?” e começando a cantar: “Fazer amor de madrugada” *…em cima da cama, debaixo da escada…* “Amor com jeito de virada” *…primeiro a patroa, depois a empregada…* (eu conheço a “se mamãe me pega, me mete a porrada” tbm)
Eu que achava que seria um sacrilégio cantar isso na frente deles, mas a própria banda pede o “em cima da cama…” Fodástico!

Videos no meu canal do Youtube, vai .

Reclamações da noite: Vitorinha precisa de um lugar descente para shows. O Álvares é pequeno demais e quente demais. No início do show o som estava péssimo e a voz da Paula Toller sumiu, só aumentaram o microfone depois que o público gritou pedindo, mas pelo menos ficou bom depois disso. Minha mãe que topa ir nos lugares, mas reclama antes pq tem que sair e depois pq é mto barulhento. E os dois taxistas que furaram com a gente @_@

PS: Parece que eu só conheço a Paula Toller do Kid Abelha, mas é pq ela é quem mais interagia com o público e tinha uma cabeça que tava minha vista do Bruno. Mas o George e o Bruno são legais tbm. ¬¬