Cassandra Clare
(5/5)
Editora Galera
2011
459 páginas
Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato – muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.
Opinião: Fantástico! Ainda estou vivendo o livro e olha que já terminei de ler há alguns dias. É impossível não querer terminar de ler TUDO em uma sentada de tanta emoção que tem.
Apesar da história ser narrada à partir da visão da Clary, ela conta mais sobre a vida do Jace do que eu imaginava.
Clary vai, com seu melhor amigo Simon, à uma matinê na discoteca Pandemônio, de Nova York. E lá presencia o assassinato de um menino que ela achou bonitinho. Só que ninguém mais viu o crime, nem os envolvidos no ato.
Os assassinos do menino são na verdade Caçadores das Sombras e se chamam Jace, Alec e Isabelle. O menino assassinado é na verdade um demônio disfarçado e assim que foi assassinado, todos os vestígios do crime desapareceram junto com ele.
Depois desse incidente ela se encontra novamente com Jace e depois de alguns acontecimentos ela é levada ao Instituto (local parecido com uma embaixada, onde ficam – vivem e se hospedam – os Caçadores das Sombras). Depois de entrar no Instituto sua vida nunca mais será a mesma e ela descobre coisas sobre ela mesma que nem imaginava.
Eu achei a história envolve mais o Jace porque praticamente todos os acontecimentos do livro giram em torno dele e da Clary. E achei que o final do livro mexe muito mais com ele do que com a Clary.
O Jace é lindo, loiro, sarado, com um humor inglês irritante e que adora provocar as pessoas com sua arrogãncia e total falta de humildade.
Já a Clary é uma garota ruiva, baixa, sardenta, tímida, determinada, apesar da aparência delicada, não gosta muito de se arrumar e não sabe o quanto é bonita.
Obviamente que os dois vivem brigando e discutindo, apesar de se gostarem.
Adoraria ficar falando dos personagens e falando das partes que eu fiquei *shocked*, mas iria soltar spoilers demais…
A capa é incrivelmente LINDA e dá vontade de ler e reler o livro só por causa dela (sou dessas que gosta de um livro pela capa). Não encontrei nenhum erro de digitação ou coisas do tipo, mas vários parágrafos vieram com o travessão meio borrado/torto. Nada que atrapalhasse a leitura, mas ficou feio :(