L. J. Smith
(5/5)
Editora Galera
2012
240 páginas

Sinopse: Cassie é chantageada por Faye para roubar o poderoso Cristal Skull, e, por acidente, as duas liberam uma força maligna, que Cassie acredita ser responsável por vários assassinatos que imitam os torturosos atos dos julgamentos das bruxas de Salem. Enquanto isso, o Círculo chega à um ponto crucial na história, no qual deve ser escolhida uma nova líder, e, com Faye ameaçando revelar os segredos mais profundos de Cassie, pode significar desastre para todos os envolvidos.

Opinião: É o segundo livro da série e é simplesmente maravilhoso. Muito melhor que o primeiro. É cheio de aventura e mistério.
Cassie entra em um dilema e acaba sendo manipulada por Faye nas eleições do círculo/clube. Faye está ainda mais perversa e a complexidade da personagem é fascinante. Por outro lado, Cassie se tornou uma mocinha ingênua demais e em determinados momentos da história essa ingenuidade chega a irritar.
O triângulo Cassie – Adam – Diana fica ainda mais claro e por causa disso, o foco da história fica todo em torno dos três. Mesmo assim acho que os demais personagens terão uma grande relevância na história.
Parte do mistério (acho que tem mais coisa por vir) envolvendo o crânio de cristal e Black John é revelada e envolve os pais de todos os membros do círculo. O ruim é que essa revelação é feita bem no final, o que dá um ar ainda maior de suspense para os próximos livros e aumenta a ansiedade para os fãs da série.