DENTE_POR_DENTEJenny Han; Siobhan Vivian
(4/5)
Editora Novo Conceito
2013
510 páginas

Sinopse: Depois dos acontecimentos do homecoming, Reeve foi parar no hospital, com uma perna quebrada, e seu futuro como atleta está ameaçado. As meninas se sentem culpadas por toda a situação. Não esperavam que as consequências do plano fossem tão graves. Quase perderam o controle. Já que Reeve está mais arrogante do que nunca, o jeito será aplicar nele uma dose do seu próprio veneno e esperar que aprenda a lição. O acidente no baile deixou marcas profundas na consciência de Lillia, Kat e Mary. Sentimentos como amizade, lealdade e ódio se misturam, questionamentos sobre limites… Alguns segredos são mais difíceis de guardar. Aliás, o que são essas coisas estranhas que estão acontecendo com Mary? À medida que Lillia, Kat e Mary descobrem verdades incômodas sobre os moradores da ilha, percebem também que não se conheciam como pensavam. Cada vez mais elas lidarão com o sentimento de que talvez tenham ido longe demais…

Opinião: Eu amei Olho por Olho e por causa disso coloquei bastante expectativa em relação a Dente por Dente. Eu ficava ansiosa toda vez que eu via o livro na estante e adiantei minhas leituras para finalmente conseguir colocar as mãos nele e finalmente matar minha curiosidade e descobrir o que aconteceu depois do baile do homecoming.
Mas ir com muita expectativa para uma nova leitura é ruim porque a gente sempre se decepciona e isso aconteceu comigo.
ATENÇÃO: PODE CONTER SPOILERS DO PRIMEIRO LIVRO
Achei algumas partes muito paradas e eu empaquei em alguns pontos demorando mais do que o esperado para terminar a leitura. Queria ter lido em um dia, demorei três dias para terminar a leitura. Dois dias além da expectativa.

Acho que, quando você mora com uma pessoa maluca, é difícil não se sentir maluco às vezes.
P. 105

A história acontece logo depois do acidente no baile do homecoming. As meninas estão assustadas e sentindo-se culpadas com o que aconteceu e Lillia até tenta se reconciliar com Reeve, apesar dele não saber que as meninas tiveram envolvimento com o acidente.
Mary também está bem abalada. Acho que ela está pior psicologicamente, mais depressiva e melancólica.
Acho que só Kat não vê tanta relevância no acidente e continua se comportando do mesmo modo. Acreditos que todas se abalaram de alguma forma, mas Kat foi a que menos demonstrou isso.

Na verdade, não, não é apenas meu coração. A minha vida toda está destroçada.
P. 156

O início do livro é muito parado e poucas coisas de relevantes acontecem, mas acho que tudo o que aconteceu ajuda a explicar as atitudes de cada uma delas e porque elas são do jeito que são. Mas eu só fui entender isso depois que eu terminei de ler, enquanto eu lia nada daquilo parecia fazer sentido.
O livro mostra como Kat e Rennie eram amigas antes e também todo drama familiar que a menina rebelde viveu. Também explica melhor o que aconteceu com Mary e Reeve no passado. E mostra uma Lillia nem tão perfeita assim.

– Eu não quero ouvir você falando desse modo – digo, zangada. Nunca pensei que me sentiria assim, mas talvez Reeve realmente mereça uma segunda chance.
P. 281

Mas perdemos mais da metade do livro com coisas água com açúcar, diálogos longos e explicações demoradas. Por exemplo, só no final do livro que eu fui entender a relevância de ter tantos capítulos envolvendo Kat e sua preparação para o SAT, bem como a estranha relação entre Mary e sua tia. As explicações até que foram necessárias, mesmo assim elas me incomodaram um pouco.

Eu quero um plano, algo com uma estratégia concreta para eu poder executar. Não quero que isso se arraste por mais três meses.
P. 320

Só depois da metade do livro, mais ou menos, é que a história evolui.
Enquanto a amizade entre Rennie e Lillia se enfraquece cada vez mais. Kat, Mary e Lillia começam uma nova vingança e a amizade entre elas se fortalece. Elas se encontram mais, têm momentos de conversa sem ser sobre vingança e uma tenta proteger a outra.
Apesar de ter quebrado a perna, ficado fora da temporada e correr o risco de não entrar em uma universidade, Reeve não aprende sua lição e continua o mesmo idiota de sempre que magoa a todos que se aproximam dele. Então as meninas decidem que ele deve provar do seu próprio veneno.
Elas descobrem que Reeve tem uma queda por Lillia e planejam que ela arrase o coração dele.

Isso é tudo. Olho por olho, dente por dente.
Um coração partido por outro coração partido.
P. 325

O estilo da narrativa permanece o mesmo, sendo a história contada em primeira pessoa e intercalada entre Kat, Lillia e Mary. Eu gostei desse estilo e acho que isso faz com que a história flua mais rápido.
A diagramação do livro é muito boa também, a fonte é grande e tem bom espaçamento. Encontrei apenas um ou outro erro de digitação (acredito eu), mas não interferiu na leitura.
Também gostei muito da capa, as modelos da capa possuem características bem parecidas com as protagonistas e isso cria uma boa identidade ente a capa e o texto. A editora foi magnífica na edição dessa série (espero que a continuação da saga siga essa mesma linha, pois ficou muito boa).
A única coisa que eu não gostei no livro foi o fato da história ter avançado apenas no final e teve um fim daqueles bem bombásticos que nos deixam roendo as unhas de ansiedade para ler a continuação.
Isso me deixou com muita raiva porque eu estou morrendo de curiosidade para ler o próximo livro e saber o desdobramento dessa história.