Fernanda Saads
(5/5)
Editora Novo Conceito
2012
320 páginas

Sinopse: Após um longo tempo de terapia para se recuperar de um fora, Sarah parece estar bem. Quer dizer, ela já recuperou seu peso normal e consegue pensar em outras coisas além de Bruno. O problema é que no fundo ela vive fantasiando o dia em que esbarra com ele na rua e: pimba! Ela está linda e radiante e ele percebe a mancada que deu. Seus planos são simples: reconquistar Bruno e depois dar o troco que ele merece. Mas o destino lhe prega uma peça quando Nestor, seu chefe, pede que ela visite um novo cliente e, de repente, tudo vira de cabeça para baixo. Lá está ela de frente para o seu antigo amor, que parece mais irresistível do que nunca! Enquanto isso, seu melhor amigo, Igor, sempre presente e irritantemente perfeito, não suporta vê-la cair nas garras do bonitão outra vez. Sarah terá que lutar contra os próprios conceitos para descobrir o verdadeiro sentido do amor.

Opinião: Desde que vi a sinopse do livro no lançamento que eu tive vontade de ler, mas quando eu finalmente comecei a ler eu não consegui mais parar.
É uma leitura leve, suave, vai fluindo muito gostosinha. É um chick-lit bem típico com todos os ingredientes necessários e bem mulherzinha, sem nada, absolutamente nada surpreendedor, mas sabe quando a gente se encanta pela história e não consegue desgrudar até chegar à página final?
Esse é um desses livros.
A leitura fluiu tão bem para mim que comecei a ler no ônibus indo para o curso e quando cheguei no destino já tinha lido metade! Li quase todo o restante na volta e só deixei uns poucos capítulos para terminar depois, mas o li em um único dia.
Minha sugestão de leitura para um dia chato que o tempo não passa. É só colocar o fone de ouvido, selecionar músicas bem pop e curtir a história de Sarah Albuquerque de Lima.