ENDERSLissa Price
(4/5)
Editora Novo Conceito
2014
288 páginas

Sinopse: Depois que a Prime Destinations foi demolida, Callie pensou que teria paz para viver ao lado do irmão, Tyler, e do amigo, Michael. O banco de corpos foi destruído para sempre, e Callie nunca mais terá de alugar-se para os abomináveis Enders. No entanto, ela e Michael têm o chip implantado no cérebro e podem ser controlados. Além disso, o Velho ainda se comunica com Callie. O pesadelo não terminou. Agora, Callie procura uma maneira de remover o chip – isso pode custar sua vida, mas vai silenciar a voz que fala em sua mente. Se continuar sob o domínio dos Enders, Callie estará constantemente sujeita a fazer o que não quer, inclusive contra as pessoas que mais ama. Callie tem pouco tempo. Obstinada por descobrir quem é de fato o Velho e desejando, mais que tudo, uma vida normal para si e para o irmão, ela vai lutar pela verdade. Custe o que custar.

Opinião: Enquanto Starters foi de tirar o fôlego, achei Enders bem aquém do esperado. Acho que o maior problema foi a distância entre os lançamentos. Esperar mais de um ano pela continuação de um livro é bem triste.
Eu comecei a ler e não me lembrava de quase nada, apenas que aconteceu a Guerra dos Esporos e que Callie tinha assinado um contrato para alugar o seu corpo na Prime Destinations. Não lembrava nem que o nome da protagonista era Callie quando comecei a ler Enders.
Achei que a dificuldade inicial de relembrar fatos da história atrapalharam minha leitura, pois perdi muito o ritmo no início.
O livro é bem fininho (apenas 288 páginas) e eu espera mais revelações, mais mistério e mais aventura.

– Tenho uma bomba na cabeça e ela pode explodir a qualquer momento. Nunca mais vou me sentir segura. Nem eu, nem nenhum dos outros Metais, incluindo seu neto, Kevin. Você não pode desistir.
P. 35

Depois que a Prime Destinations é demolida a vida de Callie não fica mais fácil. Apesar de ter uma tutora responsável por ela e por seu irmão Tyler e uma casa para morar, Callie ainda passa por grandes dificuldades. Ela sai para ajudar outros Starters que não tiveram seu mesmo destino doando comida a eles, mas ela quer fazer mais.
Apesar da Prime não existir mais, ela e outros Starters possuem chips instalados em suas cabeças (são os Starters chamados de Metais), que podem ser acessados por Enders. O Velho começa a se comunicar com Callie e a ameaça-la. Então, ela sem saber o que fazer acaba confiando em Hyden, filho de seu grande inimigo, para proteger-se e também proteger Tyler e Michael.

Meus olhos se fixaran em Hyden enquanto estávamos sentados em seu furgão. Será que ele abriria um sorriso e diria que era brincadeira? Será que estava mentindo? Ou será que era louco?
P. 45

A cada página o livro vai ganhando mais ritmo e há mistérios a serem desvendados, deixando a história ainda mais interessante.
Senti falta de saber o que aconteceu com Tyler enquanto Callie e os outros saíram se aventurando e algumas respostas à respeito do pai dela, mas fora isso gostei muito da história.

Será que eu conseguiria me lembrar daquele cheiro? Registra-lo para que me lembrasse dele quando sentisse saudade do seu abraço?
P. 146

Só acho que deveria ter o terceiro livro, Middle. Fazer uma duologia com uma distopia tão interessante é muita tortura para os fãs de livros assim.

– É tudo por causa do dinheiro, então? Você não está fazendo isso porque acredita em alguma coisa?
– As pessoas fazem qualquer coisa por dinheiro. – Ele examinou suas unhas. – Ainda não percebeu?
P. 254

A capa metálica é linda demais! Dá vontade de ficar olhando para ela o tempo todo.
A diagramação interna das páginas segue o mesmo estilo de Starters e eu amei. A formatação e a fonte utilizada facilitam a leitura.