MINDFULNESSCorinne Sweet
(5/5)
2015
Editora Bestseller
232 página

Mindfullness – O diário é um livro com dicas de meditação e relaxamento, é uma introdução ao conceito Mindfulness, que preza pela concentração no momento presente.
Os exercícios são bem simples e fáceis, para serem feitos em qualquer lugar. Há exercícios para cada momento do dia e cada situação cotidiana que vivemos.
É uma ótima técnica para manter a calma e aliviar o estresse diário.
Eu sou uma pessoa muito ansiosa e há uns tempos venho praticando (ou tentando praticar) a meditação guiada e esse livro compreende várias das técnicas que aprendi nos exercícios de meditação.
Eu gosto, acho prazeroso e relaxante.
O livro é de fácil leitura, entre uma dica e outra há uma página (ou várias) azul com alguns pensamentos e frases famosas.
Não é necessário seguir uma ordem de leitura. Pode-se levar o livro para qualquer lugar, apesar de não ser um livro tão fino, ele é em um formato “pocket” e os exercícios além de serem fáceis de serem executados estão escritos em no máximos duas páginas.
Apesar de praticar a meditação/hipnose guiada há alguns anos apenas recentemente soube que existe um conceito próprio e um nome específico para isso, que é o Mindfulness. Tenho me interessado bastante e desde então e comecei a pesquisar e a colocar em prática os exercícios do livro.
Quem leva uma vida estressante com os dias cheios e vive com a mente ocupada e trabalhando deve se informar mais sobre a técnica mindfulness e colocar em prática alguns exercícios. Não vou dizer que cura a ansiedade ou diminui o estresse, mas ajuda muito na hora de dormir, sabe? Eu não fico mais 2h esperando o sono chegar, só deitar, fazer os exercícios e pronto! Parece mágica :D
Gostei muito mais do diário de Mindfulness do que do livro de colorir. O tamanho dos dois é bem parecido, mas não gostei das imagens, nem da gramatura do papel utilizado no livro de colorir.
Já o diário é amor! A diagramação é linda, o miolo é lindo, a leitura é super tranquila. Fiquei apaixonada mesmo e recomendo.
E quem me conhece sabe que para eu recomendar livros nesse estilo tem que ser muito bom, porque não é algo que eu leia ou compre.