Bella Andre
(4/5)
Editora Novo Conceito
2012
272 páginas

Sinopse: Durante 36 anos, Marcus Sullivan fora o irmão mais velho, ajudando a cuidar de seus sete irmãos após a morte do pai, quando ainda eram crianças. No entanto, quando o futuro perfeito que ele planejara para si próprio transformou-se em nada além de uma mentira, Marcus precisa de uma noite de loucura para se esquecer de tudo.
Nicole Harding é conhecida no mundo todo por apenas um nome — Nico —, graças à sua música pop contagiante. No entanto, o que ninguém sabe sobre essa cantora de 25 anos é que sua imagem de símbolo sexual é totalmente falsa. Depois de ter sido terrivelmente traída por um homem que amava a fama mais do que a ela, jurou nunca mais deixar ninguém se aproximar a ponto de descobrir quem ela realmente é… ou de magoá-la novamente.
Principalmente aquele homem maravilhoso que Nicole conhecera em uma boate, ainda que o desejo — e as promessas transgressoras — em seus olhos negros a fizessem querer revelar todos os seus segredos. Uma noite é tudo o que Nicole e Marcus concordam em compartilhar um com o outro. Contudo, nada acontece como planejado quando, em vez de uma simples relação carnal, descobrem-se ligados de uma forma pela qual nenhum dos dois esperava. E, embora tentassem lutar contra isso, os sentimentos incontidos — e a atração profunda — os aproximava cada vez mais.
Bella Andre nos presenteia com o segundo volume desta série sensual e romântica, em que o amor pode tornar um simples encontro algo quente para sempre…

Opinião: Em relação a Um olhar de amor, achei Por um momento apenas inferior. Não que seja ruim, mas achei que a história não é tão cativante quanto a primeira.
A linha da narrativa continua a mesma. Romance água com açúcar no estilo Nicholas Sparks, com um bom toque apimentado de sexo casual. Aliás, logo no início já temos partes mais ousadas e quentes, acho que foi a única coisa que fugiu da linha do primeiro livro.
Mas achei os protagonistas um tanto quanto fora da realidade. Não me identifiquei em nada com a Nicole, não tive a menor simpatia com ela e quando não gostamos muito dos protagonistas, a história não rende muito.
Já Marcus é o modelo de homem perfeito e por isso mesmo não faz meu tipo.
Continuo achando a saga ótima e recomendo a todos que queiram uma experiência literária mais erótica. Exatamente por isso que mal posso esperar para 2013, para ler conhecer mais os Sullivans…