Stacey Jay
(3/5)
Editora Novo Conceito
2012
320 páginas

Sinopse: Amaldiçoado a viver por toda a eternidade em seu espectro, Romeu, conhecido por seus modos rudes e assassinos, recebe uma chance de se redimir viajando de volta no tempo para salvar a vida de Ariel Dragland. Sem saber, Ariel é importante para os dois lados, os Mercenários e os Embaixadores, e tem o destino do mundo nas mãos. Romeu deve ganhar seu coração e fazê-la acreditar no amor, levando-a contra seu potencial obscuro antes de ser descoberto pelos Mercenários. Enquanto sua sedução se inicia como outra mentira, logo ela se torna sua única verdade. Romeu jura proteger Ariel de todo o mal, e fazer qualquer coisa que for preciso para ganhar seu coração e sua alma. Mas quando Ariel se decepciona com ele, ela fica vulnerável à manipulação dos Mercenários, e sua escuridão interna poderá separá-los para sempre.

Opinião: Nunca imaginei que poderia me decepcionar tanto com um livro. Eu amei tanto Julieta Imortal que fiquei torcendo por uma continuação, quando soube que teria Romeu Imortal quase morri de felicidade, mas aí comecei a ler e só tive decepção.
Na história não existe mais isso de Bem e Mal tão bem delineados como em Julieta Imortal, no qual os Embaixadores da Luz eram bons e os Mercenários eram maus. Na verdade, nesse livro não vemos a presença dos Mercenários, apenas a ameaça da presença.
Achei Ariel bem sem graça como protagonista, ela não conseguiu me emocionar em nenhum momento e o mesmo vale para o Romeu.
No início parecia que ele só queria seguir as instruções da Enfermeira para recuperar o seu corpo, mas depois ele realmente se apaixona. Me pareceu um pouco forçado, principalmente porque a todo momento ele falava que não merecia perdão após 700 anos cometendo crimes. Não me convenceu.
Achei algumas partes meio confusas, principalmente quando Ariel ficava nervosa. Não entendi direito o que ela realmente estava pensando. Inclusive li algumas passagens mais de uma vez para tentar entender.
Mas o pior de tudo foi o final. Até agora não consigo aceitar os fatos.
Não vou falar que o livro foi totalmente ruim, porque tem sim algumas partes divertidas. Gostei das cenas de romance adolescente fofo entre Ariel e Romeu e como ele a fazia rir e se sentir normal. Mas em relação à Julieta Imortal, esse livro foi muito inferior.
Quanto à capa, no início não tinha gostado dela, mas após a leitura achei que fez total sentido. A música que veio no DVD do kit é bem legal e depois de ouvir não consegui ler sem ficar cantarolando ela na cabeça.
A diagramação e o miolo permanecem no mesmo estilo de Julieta Imortal.