SUPERNOVA__O_ENCANTADORRenan Carvalho
(4/5)
Editora Novo Conceito
2015
440 páginas

A isolada cidade de Acigam vive em uma ditadura e sofre a ameça de uma guerra civil entre o governo tirado e a Guilda, um grupo de pessoas que utilizam os ensinamentos da Ciência e das Energias.
Os soldados do governo chamam os membros da Guilda de magos por praticarem artes desconhecidas e utilizarem de forças energéticas. A Guilda exige direitos para a população e melhorias no desenvolvimento da cidade e o governo quer impedir isso a todo custo.
Em Acigam vive um garoto, Leran, que está terminando a escola e é muito bom em atirar com flechas. Ele é órfão de pai e mora com a mãe e irmã Luana no subúrbio. Ele tem um avô comerciante (e mago) que mora no centro e o ensina controlar energia secretamente.
Por ser um ótimo aluno, seu professor lhe dá de presente um arco com flechas no último dia de aula, nesse mesmo dia ele presencia o assassinato causado pelo uso da magia.

Mesmo após toda a explicação, demoro um pouco para conectar os fatos. E, quando consigo raciocinar, rapidamente o sono passa e eu fico em total alerta. Se o governo revirou as lojas do centro e está prendendo comerciantes, meu avô corre sério perigo.
P. 120

Supernova é simplesmente incrível! Me deliciei na leitura de cada página e fiquei extasiada a cada nova passagem. Não é apenas um livro bom, é um livro MUITO BOM e um LIVRO NACIONAL MUITO BOM!
Fui lendo e indicando para os meus amigos e eles já ficaram na expectativa para ler (leiam!).
No meio disso tudo Leran conhece Judra e eles começam a ficar mais do que apenas bons amigos. Judra passa a ser uma personagem tão importante para a história que há até uma parte do livro escrita toda na perspectiva dela.
O livro é narrado em primeira pessoa, na visão de Leran e Judra.
Há muita ação, aventura, suspense, fantasia e até um pouco de romance.
O mais incrível é que o autor cria um mundo totalmente novo, nos joga dentro dele e não nos sentimos perdidos em momento algum por tudo ser escrito de uma forma bem didática.
A leitura flui bem, mas eu preferi ler com bastante calma para saborear cada parte do livro com muito prazer.
Há um intenso debate sobre política, ciência, sociologia e religião. E mesmo sem haver a citação explícita desses temas eles estão presentes nas entrelinhas.
O tempo todo temos reviravoltas e situações novas e eu ficava me perguntando: MAS COMO ASSIM ISSO ACONTECEU?!
A diagramação é ótima. O livro é bem dividido em partes e capítulos e há algumas belíssimas ilustrações de cenas da história. O miolo é bem simples, exceto pelas ilustrações, que são em preto e branco, mas isso não as desmerecem nem um pouco.
A ilustração da capa é no mesmo estilo das que estão no interior do livro, só que colorida, então só pela capa já dá para ter noção de como é o traço do ilustrador.
O encantador de flechas é o primeiro livro da série Supernova e no fim da história há o primeiro capítulo do próximo livro da série, A estrela dos mortos.
Já estou ansiosa para ler e curiosa para saber o que aguarda Leran nessa nova aventura.
Leitura praticamente obrigatória para fãs de fantasia. Recomendadíssimo!