Barbara Freethy
(4/5)
Editora Novo Conceito
2012
320 páginas

Sinopse: Ela era a melhor amiga deles, ou assim eles pensavam — até anos mais tarde, quando seus segredos os levam a uma perigosa busca pela verdade sobre quem ela realmente fora… e por que morrera… Dez anos atrás, em uma festa louca, a linda e estonteante Emily caminhava para sua morte, deixando seus três melhores amigos e suas “irmãs” — Natalie, Laura e Madison — devastados. Nenhum deles esquecera aquela noite — ou o papel que cada um teve na morte de Emily, a culpa que os persegue e a perda que ainda sofrem. Agora, um escritor desconhecido entra na lista dos livros mais vendidos com um romance similar à história deles. Quem é ele? Como ele sabe os detalhes íntimos de suas vidas? E por que ele está acusando um deles como assassino? Quando eles começam a desvendar a verdade sobre a amiga em comum, irão redescobrir um amor que ela perdeu há muito tempo e descobrir segredos que vão mudar sua vida para sempre…

Opinião: A sinopse é ótima, vi várias resenhas falando que o livro era bom, emocionante e tudo, mas não senti nada demais.
A história é boa, tem mistério, crime, mas não é muito envolvente. Os personagens não são muito carismáticos e a Emily é tão endeusada que até enjoa.
É um livro bom, tem um enredo bem arquitetado (tanto que eu só fui descobrir quem era o assassino no final, poucas linhas antes da revelação), só faltou mais emoção.
Eu gostei, mas fiquei um pouco decepcionada. Não chega perto de autores como Agatha Christie, mas pelo menos é um livro fino e dá para ser lido rapidinho.
A resenha ficou curtinha porque não tenho muito o que dizer e não quero soltar nenhum spoiler.