Segundo minha mãe eu costumo ter essas “febres” que nada mais é do que uma vontade incontrolável de fazer algo. Minha última febre dessas foi a de fazer bijus há uns 4 anos. Eu comprei pilhas de materiais (miçangas, correntes, fechos, fios e etc) e alicates e comecei a fazer, fiquei um mês inteiro fazendo bijus, ai parei e guardei as coisas e nunca mais peguei.
Antes disso foi a febre do tricot. Comprei os materiais e comecei a tricotar, fiz um cachecol fofo e vendi p/ minha amiga e fiz metade de um p/ mim. Depois nunca mais também.
Eu sempre fui assim, eu tive a febre do crochê (fiz um tapete p/ banheiro e um porta papel higiênico); a febre da tapeçaria (comecei a bordar um poeixinho) e várias outras… sempre assim, desde quando eu tinha 7 ou 8 anos…

Lãs e linhas

E agora minha nova febre é: fazer roupinhas p/ dolls. Estou fazendo com tricot e crochê e tenho algumas coisas fofinhas no meu Flickr. Depois passem lá. Aceito encomendas e troquinhas, então mães de ‘cabeçudinhas’, querendo algo pode falar comigo.
Eu sei que eu falei mil vezes que prefiro uma casa de bonecas a uma Pullip ou Blythe, mas estou completamente apaixonada por uma Pullip de cabelo vermelho. Mas vou esperar sair a lindinha de março pq estou com uma dúvida gigante entre qual eu compro… Além disso, não terei dinheiro até lá mesmo rsrs enquanto isso, vou tricotando e fazendo troquinhas de coisas p/ ela.
E to contando com a ajuda da Angel (de ANGELina Jolie, pq ela é bocuda, oras), a Barbie que eu ganhei ontem, uso ela p/ testar o tamanho dos colares, cachecois, sapatinho e etc.


E por fim, um meme que recebi da Camime

REGRAS:
1. Postar as regras do meme
2. Postar 9 imagens de fatos que marcaram a sua infância, pode ser programa de televisão, passatempos, recreações…qualquer coisa que ilustre sua infância.
3. Explicar cada imagem
4. Indicar 6 pessoas pra fazer o meme

meme9

Explicando:
1. Super Mario World: meu sonho era conseguir zerar esse jogo, passava dias e horas jogando isso. Só consegui zerar uma vez pq meu primo fez uns macetes (meu sonho aprender macetes) e chegou ao último lvl e eu matei o coisinho e salvei a Princesa. Weee \o/
2. Patins: eu tinha os patins mais lindos do universo! Era branco, parecia patins de patinação no gelo e as rodinhas in-line eram rosa e os cadarços coloridos. Ficou pequeno no meu pé =/
3. Carrossel: Professora Helena e as crianças. Eu amavaaaa, meus ursinhos de pelúcia tinham nomes dos personagens huiahuaihuia
4. Cavalo de Fogo: eu deitava no chão p/ fazer dever de casa e lá ficava cantando aquela música infernal de abertura: “No meu sonho eu já vivi um lindo conto infantil. Tudo era magiiiiiiiiaaa….” Aquilo me dava um aperto na alma, que marcou…
5. Caça Talentos: foi bem no fim da minha infância, mas eu adorava a novelinha da Angélica. Se eu não assistisse à Fada Bela eu passava mal, JURO! Nem conseguia almoçar…
6. Cavaleiros do Zoodíaco: Eu e meu amigo nerd só falávamos sobre isso. Eu tinha uns 10 bonecos, que no fim eu acabei cansando de CDZ e ficava brincando com os bonecos como se eles fossem filhos das barbies. Bem mais lesgau :W
7. Poliana: Foi o primeiro livro que eu ganhei (no meu aniversário de 5 anos, eu acho) e também foi o primeiro livvro que eu li que não tinha figuras. Claro que eu achei a Poliana uma tapada por ficar feliz com coisas tão banais. Só quando eu cresci e re-li que eu fui entender a mensagem haha
8. Turma da Mônica: só uma pessoa gostava disso mais que eu: minha dentista. Eu adorava ir ao consultório só p/ ficar lendo e na volta p/ casa eu tinha que passar na banca e comprar mais alguns gibis. Eram uns 3 por semana.
9. Praia: minha infancia foi toda na praia, eu tinha que ir todo santo dia, com sol ou chuva. Hoje em dia eu passo anos sem pisar na água salgada.

PS: não falo de Spice Girls como mta gente falou, pq na época de Spice eu já estava mais p/ adolescente do que p/ isso ser uma coisa que marcou minha infância propriamente dita.

Repassando pra: Juju, Leo, Cih, Déh, Eve e Michelli