Meme: 5 vezes que a vida me fez rockeira

O dia do rock foi oficialmente segunda-feira, mas nada me impede de postar hoje e comemorar a data em outro dia da semana, como hoje, por exemplo.
Além da playlist maravilhosa (aperte o play aí embaixo), vou falar de 5 vezes que a vida me fez rockeira.

1. Quando meu primo ouvia Oasis sem parar

oasis
Teve uma época na minha vida que meus tios moravam na parte de baixo da minha casa e meu primo, adolescente na época, ficava ouvindo Oasis o dia inteiro, principalmente Wonderwall. Enquanto eu ficava no quarto, no andar de cima, ouvindo pop e dançando axé (sdds anos 90) ele ficava no andar de baixo ouvindo Oasis. Acho que decorei a letra de Wonderwall antes mesmo de aprender a cantar Wannabe.

2. Quando a MTV Brasil passava vídeos do Red Hot Chili Peppers

red-hot-chili-pepers
Graças à MTV eu conheci a maior parte do repertório de bandas dos anos 90 e 80 (e início dos 2000). Enquanto eu ficava ligada no canal esperando passar algo sobre Spice Girls, Five ou Britney Spears eu assistia a clipes e via notícias sobre outras bandas e outros estilos. Acabei gostando de The Offspring, Aerosmith, RHCP e Foo Fighters por causa da MTV. De todas as bandas, a única que eu comprei o CD e ouvia até dor os ouvidos era RHCP. Californication (álbum) foi minha paixão rockeira de 1999.

3. Quando fui a festivais de rock com minhas amigas

rock
Minhas amigas tinham uma banda de pop-rock, a RNA, e elas participavam de festivais e iam a shows de outras bandas daqui que tocavam esse mesmo estilo. Eu ia junto e curtia o momento rockeiro \m/

4. Quando eu toquei Guitar Hero

(e viciei em Franz Ferdinand)
Franz Ferdinand in the Guardian studio
Comecei a tocar Guitar Hero na maior inocência e aprendi a tocar Take me Out do Franz Ferdinand. Toquei tanto essa música que aprendi a gostar de Britpop e saí atrás de outras bandas, conheci Travis, Artic Monkeys, Keane e várias outras por causa de um jogo e até passei por uma fase bem underground de usar All Star Converse surrado (uso até hoje porque ele é de estimação), jeans e camiseta, enquanto todo o resto do universo ao meu redor estava de salto e roupas sociais. #polyrebelde

5. Quando eu fui no show do U2 em São Paulo

u2
Consegui a proeza de comprar o ingresso e ir ao show com meu amigo (aliás, ele conseguiu). Além de U2, a atração principal, ainda curtimos o mega show do Muse *_*
Diga-se de passagem foi o melhor momento rockeiro da minha vida.

A vida me fez rockeira em vários outros momentos e eu tive diversas fases de ouvir apenas um estilo de rock ou apenas uma banda, mas selecionei os mais marcantes e que me deixaram fazer ligação com outras bandas (que indiretamente acabaram entrando na trilha sonora do início do post).
E com você? A vida já te fez rockeir@?

Esse post foi um oferecimento Rotaroots, um grupo de blogueiros com propósito mais old school e voltado para conteúdo de qualidade. Conheça o grupo no Facebook.

Continue Reading

Retrospectiva 2008

Eu ia fazer um retrô bonitinha com fotos e tals, mas aí lembrei que as fotos estao no meu PC antigo que eu nao to afim de brigar p/ ligar e pegar as fotos haha então vai sem fotos mesmo…
Vou fazer um resumo dos fatos mais marcantes de 2008 p/ mim:

Janeiro: Acompanhei a banda RNA no Festival Bandas Novas em Vila Velha
Fevereiro: Spice Girls cancelaram a tour. Carnaval com meus amigos, a gente se fantasiando de “mindingos” e saindo atrás do trio. RNA ganhou o Festival Bandas Novas. Início das aulas.
Março: Lette saiu da banda RNA
Abril: Iniciei um projeto grandioso de mudança de estilo e fiquei na espectativa de ver uma pessoa que foi mto especial p/ mim. Encontro SF6 na casa da Lette.
Maio: Última decepção com o infeliz de abril e iniciei outra etapa do projeto.
Junho: Entrega do Projeto de Monografia e prova de uma matéria que eu estava pagando dependencia na faculdade. “Conheci” o cozinheiro.
Julho: Passei na matéria que estava de dependência. Última fase do projeto de mudança de estilo.
Agosto: Início das aulas (8° período!). Meu aniversário. Minha cachorra morreu e descobri as datas dos shows da Madonna no Brasil.
Setembro: Comprei meu pacote com ingresso p/ show da Madonna, troquei de cel e virei torcedora do Chelsea.
Outubro: Percebi que eu estava completamente fora de forma e gorda e comecei a fazer Yoga e a pular corda diariamente.
Novembro: 5 anos de SF6 e últimas provas na faculdade.
Dezembro: Férias. Abandonei a yoga e a corda e deixei tudo p/ ano que vem. Encontro SF6. Show da Madonna. Li Twilight em menos de 24h (novo recorde quebrado).

Feliz 2009 a todos =D que seja melhor que 2008 p/ todos!!

Continue Reading

Fim de Semana

Odeio posts assim, mas vou fazer um resuminho do meu FDS :D
Sexta-feira: Eu e Maíra fomos na casa da Lette e comemos um delicioso yakisoba que Marcelo fez *_* Acho que desde o ano passado que estamos esperando o famoso yakisoba dele, mas ele só foi fazer sexta-feira. Bom, o fato é que Lette saiu da Banda RNA e está passando por um momento de depressão e por essas e outras coisas, necessita dos amigos.
Também conhecemos a Kitty, a nova cachorrinha dela que é linda demais!! É uma akita branca, tem 3 meses e parece um ursinho polar: LINDA!
Sábado: foi o show da Pitty e eu fui com as meninas da Banda RNA, Diego, Gabriel, Tássia, Roger e Vanessa (amiga de Tutu). Foi mto, mas mto bom. Ficamos na área VIP e estávamos super perto do palco. Me acabei de tanto pular e gritar e fiz vídeos ótimos! E tirei um monte de fotos, algumas estão no site oficial da Pitty com meu nome :D pq Tássia enviou p/ lá. Já coloquei as melhores fotos no meu Flickr e em breve coloco as que estavam nas camêras do pessoal.
Do show, fomos p/ Habibi’s comemorar o aniversário do Gabriel e demos um exemplo de cidadania. Pedimos várias coisas, mas cada um pegou o que era seu de direito e ainda sobrou umas 6 esfihas de carne que ngm pediu. Aí chamamos o garçom e eles tinham errado o pedido. Tivemos que devolver ou pagar se comessemos… enfim, devolvemos. Se tívessemos comido tudo, teríamos esfihas de brinde, mas fomos politicamente corretos e devolvemos tudo e só pagamos o que comemos.
Domingo (tbm conhecido como ontem): Eu e Maíra fomos novamente na casa da Lette. Brincamos com a Kitty, comemos churrasco e ovo de páscoa (que eu levei).

Mas depois de um fim de semana Lette e RNA só sei que fiquei cansada disso tudo. A saída de Lette não foi fácil, ficaram mtas mágoas dos 2 lados e está sendo mto chato conviver com isso pq 2 lados mostram os argumentos e falam que o outro está errado, como se houvesse o lado bom e o lado mal e msm sem querer, parece que estão me forçando a ficar de um lado que eu não quero escolher nem ficar, pq eu nao acredito em bonzinhos e mauzinhos e tbm nao quero me envolver em problema de ninguém, pq eu não sei como era o relacionamento delas como banda e não sei até onde cada lado está com razão e tbm não quero saber p/ evitar me decepcionar com as pessoas.
Então, tomei uma decisão e de agora em diante não toco mais assunto RNA x Lette com nenhum dos lados, não me sinto bem com isso. Gosto mto de Lette, gosto das meninas tbm e não quero tomar parte em mais nada. Acho sinceramente que foi melhor msm elas terem se separado e tbm sei que vou achar mto estranho ver a banda RNA sem Lette, nao sei se terei ânimo/vontade de vê-las tocando sem Lette, mas isso só o tempo vai dizer. prontofaleitudoedesabafei!

Continue Reading