Livro: Perto de você

PERTO_DE_VOCEBella Andre
(4/5)
Editora Novo Conceito
2014
352 páginas

Sinopse: A estrela de cinema Smith Sullivan não pode permitir nenhuma distração. Ele está apostando sua reputação inteira em seu novo filme… mas ele não pode parar de pensar em Valentina Landon e o fogo ardente que ele vê logo abaixo da superfície. Valentina não é avessa ao prazer sensual, ou mesmo com a ideia de encontrar o amor verdadeiro, mas, como um gerente de negócios de Hollywood, ela assistiu a muitas mulheres inteligentes cair para atores… só para ser rasgado quando o conto de fadas chega ao seu fim inevitável. Mas quando semanas intensas juntos no set transformam sua atração aquecida em brasa chamas da paixão, Smith sabe que ele tem que encontrar uma maneira de convencer Valentina a deixá-lo ficar um pouco mais perto. Perto o suficiente para completamente roubar seu coração… do jeito que ela roubou o seu desde o início.

Opinião: Outro livro maravilhoso da Bella Andre. Quem já leu algo da autora não vai se surpreender com a escrita, ela continua seguindo a mesma linha com momentos de muito romance, tensão e desejo.
O livro conta a história de Smith Sullivan e Valentina Landon. Sempre tive curiosidade em saber mais sobre Smith, o Sullivan que é ator famoso e coloquei muita expectativa em cima desse livro. Felizmente não me decepcionei.
Smith está gravando seu novo filme, Gravity, em São Francisco. Tatiana Landon é protagonista na história juntamente com Smith. Os dois são ótimos em cena e trabalham muito, mas quem chama a atenção de Smith é Valentina, irmã de Tatiana.

Com cuidado, Valentina ergueu a flor e inalou-a profundamente. Ninguém jamais lhe dera uma flor antes. E para ela não era possível abrir mão de algo tão belo.
P. 72

Valentina não pensa em outra coisa a não ser no trabalho e tem como regra de vida nunca namorar um ator. Smith e Valentina vão aos poucos se relacionando e a tensão entre eles só aumenta. Será que Valentina vai deixar essa regra de lado e se envolver com Smith? E será que Smith finalmente vai parar de sair com suas milhares de fãs e se concentrar em apenas uma mulher?

Mesmo quando o beijo deles mergulhou em águas muito profundas e perigosas, ela podia sentir a paciência dele, e o quanto conseguia se manter controlado.
P. 103

A narrativa é bem tranquila e as cenas de romance são bem doces. Além da doçura da história principal, ainda contamos com a descrição das cenas do filme Gravity, que é extremamente romântico.
Quem gosta de romance vai se derreter todo nessas partes.

Era a doce promessa nos olhos dele, a maneira como sempre a tocava com tanto carinho e a emoção em eu rosto toda vez que a olhava que fazia seu coração bater tão descompassado e as palavras sumirem.
P. 190

As cenas de sexo são quentes, mas não são vulgares, como todas as cenas narradas pela Bella Andre. Não sei se foi impressão, mas me parece que a cada livro os personagens vão demorando ainda mais para se entregar ao desejo sexual. Achei que demorou ainda mais em Perto de Você para que essas cenas acontecessem finalmente.

Cada vez que as mãos, os lábios de Smith a tocavam, todas as razões muito bem refletidas, cada uma de suas ponderações cautelosas, cada último voto e cada promessa feita a si mesma, desapareciam como se nunca tivessem existido.
P. 201

Além de contar a história de Smith e Valentina, a autora também nos presenteia contando o relacionamento dos outros Sullivans. Nesse livro temos novidades sobre os bebês de Sophie e o casamento de Gabe.
Adoro a sutileza como ela insere os personagens dos outros livros nas histórias sem soltar spoilers e de uma forma bem natural.

– Acredite em mim – ela disse, com um suspiro de compaixão. – Se alguém sabe como está se sentindo, sou eu. O amor é uma merda, não é?
P. 225

Apesar do modelo utilizado na capa ser bem bonito, não foi uma capa que eu gostei muito. Prefiro capas mais claras. Com relação ao miolo, o livro segue a mesma diagramação interna dos outros da série. É bem simples, sem desenhos ou maiores detalhes, mas a fonte é de um bom tamanho e ajuda a leitura fluir bem. O único detalhe mais diferente fica por conta da paginação, que é no meio da lateral externa (o que eu gosto muito).

Continue Reading

Meme: 5 coisas para fazer na minha cidade

Adorei o tema do meme desse mês do Rotaroots. É uma forma de conhecer a cidade do amiguinho blogueiro e de quebra ganhar uma baita dica de viagem. Às vezes de coisas para fazer que não estão nos programas normais para turistas.
Bom, vou colocar programas que eu conheço ou já fiz e que eu sempre recomendo a quem vem à Vitória.
Conheça agora 5 coisas para fazer na minha cidade:

Visita ao Palácio Anchieta

O Palácio Anchieta é a sede do governo estadual do Espírito Santo e além de ser um belíssimo prédio histórico, está aberto para visitação de algumas áreas/salas. E costuma ter algumas exposições itinerantes também.
A visitação é toda guiada, os guias são bem simpáticos e vão te explicar tudinho sobre o Palácio e exibir um vídeo interativo que conta a história do monumento e do Espírito Santo. Aula de história capixaba de graça e com tecnologia.
anchieta7

Visitação:
De terça à sexta das 09:00 às 17:00h.
Sábado: de 10:00 às 17:00h.
Domingo: de 10:00 às 16:00h.

Duração média das visitas:
De terça a sexta visita na parte histórica: 40 minutos.
Sábado e domingo visita completa, incluindo salões e gabinete do governador: 1:30h.

Endereço:
Praça João Clímaco, s/n – Cidade Alta – Centro
Vitória – Espírito Santo – Brasil – Cep: 29015 110.

Visita ao Centro Histórico

A prefeitura de Vitória tem um projeto bem bacana de visitação guiada pelo Centro histórico da cidade. São monitores que ficam em alguns lugares dando informações e contando um pouco sobre a história local, arquitetura e cultura.
carlosgomes4
Visitei alguns desses lugares e gostei muito do atendimento. Além da aulinha sobre cultura local eles ainda distribuem folders com mapa do Centro antigo e informações adicionais.
Monumentos que contam com essa visitação guiada:
– Catedral Metropolitana
– Igreja de Nossa Senhora do Carmo
– Igreja de Nossa Senhora do Rosário
– Convento São Francisco
– Igreja de São Gonçalo
– Theatro Carlos Gomes
– Capela Santa Luzia
catedral1

Visitação aberta de terça à domingo, de 9 às 17h.

Passeio de escuna

Nunca fiz esse, mas desde que vi no jornal achei bem interessante.
Vitória é uma ilha e o litoral do ES é lindo (eu perco o fôlego toda vez que atravesso a Terceira Ponte – e faço isso diariamente, ou seja, é uma beleza que não dá para enjoar). Então imagine curtir essa paisagem maravilhosa lá de dentro do mar? Bem bacana, né?
baia
Segundo o site da prefeitura, os passeios são esses aqui:

Rota Manguezal (via Canal de Vitória)
Saída: Cais das Barcas, Santo Antônio
Empresa responsável: Fomatur (http://www.fomatur.com.br)

Rota do Sol (da Praia de Camburi à Praia da Costa) e Ilha de Vitória (do Pier de Iemanjá ao Museu Ferroviário – via Canal de Vitória)
Saída: Píer de Iemanjá, Praia de Camburi
Empresa responsável: Cores do Mar (http://www.coresdomar-es.com.br)

Rota do Sol (da Praia de Camburi à Praia da Costa) e Ilha de Vitória (do Pier de Iemanjá ao Museu Ferroviário – via Canal de Vitória)
Saída: Píer de Iemanjá, Praia de Camburi
Responsáveis: Paulinho e Rafa

E acho que dá para alugar barcos e essas coisas no Iate Clube.

Ir a um parque

Vitória é uma das cidades com a maior quantidade de área verde por habitante, então vale à pena visitar um dos nossos parques e aproveitar a natureza.
cebolao
O meu preferido é o Parque Pedra da Cebola, pois guardo muitas lembranças boas do SF6 lá. Ele fica ali na Mata da Praia, em frente à UFES.
Tem parquinhos, campos, jardim oriental, mirante, exposição de plantas e alguns animais.
Funciona de segunda, das 5 às 9 horas e das 17 às 22 horas, e de terça a domingo, das 5 às 22 horas.

Continue Reading

Desafio 52 semanas: Semana 11

MEUS BRINQUEDOS PREFERIDOS NA INFÂNCIA ERAM

Barbie
barbie
Eu amava a Barbie. Tinha a casa de três andares, o Ken, algumas roupas e acessórios, mas eu gostava mesmo era de construir novas casas com caixas de sapato, pegar meus bonecos dos Cavaleiros do Zodíaco e fazer de filhos da Barbie e fazer móveis com caixas de sapato.
Ficava hooooras brincando.

Boneca Meu Bebê
meubebe
Eu tinha duas bonecas dessa. Minhas gêmeas: Cristine e Cristiane. Eu tinha uma tia que adorava as bonecas e acho que ela brincava mais com elas do que eu mesma.

Pogobol
pogobol
Essa coisa estranha parecendo Saturno era para as crianças subirem em cima e ficarem pulando. Como eu era fã de pula-pula isso aí me fez esquecer os brinquedos infláveis da rua e querer só ficar pulando em cima disso dentro de casa.
O meu era laranja e amarelo desse jeito.

Minigame
minigamee
Eu tive uns 20 desses, cheios de jogos, mas eu só brincava mesmo de Tetris. 999 jogos e só um com utilidade. Essa era a pequena Poly.

Pense Bem
pensebem
O primeiro computador da minha vida! Era um jogo que vinha com revistas. As revistas eram vendidas separadamente e vinham com jogos de pergunta, tinha que responder no Pense Bem e era bem legal p/ aquela época.
Mas dava para jogar sem as revistas e tocar música e coisas assim. Eu me amarrava naquilo.

Continue Reading