Filme: Em um bairro de Nova York

Em um bairro de Nova York (In the Heights)
2021
(4/5)

Antes de mais nada, me desculpem, mas eu só consigo chamar esse filme de In the Heights, que é o nome original em inglês e também o nome do musical que inspirou o filme. Já tinha ouvido falar do musical antes, mas só este ano tive conhecimento da história dele e me encantei. Por isso fiquei com receio de assistir ao filme e achar estranho.

Eu tenho medo de adaptações de peça da Broadway para o cinema, mas acredito que funcionou muito bem para Em um bairro de Nova York.

O filme conta a história de uma comunidade latina na periferia de Nova York e vemos alguns dias na vida dos moradores de Washington Heights. Os dias que antecedem e os dias do blackout.

A história é contada pelo protagonista Usnavi (Anthony Ramos), dono da mercearia local, mas todos os moradores tem seus momentos de destaque. Ao longo da trama, cada personagem apresenta seu sonho (sueñito).

Nina (Leslie Grace), a filha do dono da empresa de táxi, foi a primeira latina a sair da comunidade e ir para a universidade e agora está voltando para casa de férias e tem um recado difícil para dar ao pai e aos vizinhos.

Vanessa (Melissa Barrera) sonha em morar no centro e ser uma grande estilista.

Benny (Corey Hawkins) trabalha para o Sr. Rosario, pai de Nina e sonha em se casar com ela.

Sonny (Gregory Diaz IV) é um jovem estudante quer seus documentos para conseguir fazer faculdade.

O sonho de Usnavi é voltar para a República Dominicana e reabrir o bar de seu falecido pai.

Todas essas histórias se encontram na comunidade e ao redor da relação que criaram com a Abuela Claudia (Olga Merediz), uma das primeiras imigrantes do bairro.

Além dos sonhos, o filme também trata de forma leve de temas como a imigração, precariedade de condições de vida na periferia, processo de gentrificação e preconceito.

Mas com as músicas que grudam na cabeça e o cenário coloridíssimo deixam tudo bem tranquilo. Lin-Manuel Miranda nos leva para dentro do bairro e da vida dos personagens com as canções e ao final do musical também temos o sentimento de pertencimento.

Eu gostei, mas tem que levar em conta que é um musical (muita gente não gosta desse estilo de filme). E que é um filme baseado em uma peça da Broadway. Eu sempre acho que adaptações não são fiéis e uma coisa ou outra no original podem ser melhores. Alguns detalhes eu acho que funcionam na linguagem do teatro, mas quando eu vi como filme já comecei a questionar.

Também vi que nem todas as músicas da peça estão no longa.

E tem cena pós-crédito. Não deixem de assistir.

Onde ver? HBO Max.

Ficha Técnica

  • Roteiro: Quiara Alegria Hudes
  • Produção: Anthony Bregman, Lin-Manuel Miranda, Mara Jacobs, Scott Sanders
  • Duração: 142 minutos
  • Classificação: 12 anos
  • Gênero: Comédia, Drama, Musical
  • Elenco: Anthony Ramos, Corey Hawkins, Gregory Diaz IV, Leslie Grace, Melissa Barrera, Olga Merediz, Lin-Manuel Miranda

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.