Filme: Vingadores: Era de Ultron

Vingadores: Era de Ultron (The Avengers: Age of Ultron)
(4/5)
2015

Tentanto proteger o planeta de ameaças como as vistas no primeiro Os Vingadores, Tony Stark busca construir um sistema de inteligência artifical que cuidaria da paz mundial. O projeto acaba dando errado e gera o nascimento do Ultron (voz de James Spader). Capitão América (Chris Evans), Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) terão que se unir para mais uma vez salvar o dia.

Eu acho a sinopse de Vingadores: Era de Ultron a mais fraca. E talvez por isso ele foi tão decepcionante na época do lançamento. Para os fãs, basta colocar Os Vingadores juntos que está tudo certo, mas acho que precisa de mais para conquistar a audiência e faltou isso.

Por muitas vezes eu até esqueço de contar Vingadores: Era de Ultron na história. Não por não ser relevante, mas porque parece meio perdido do restante. Aconteceu o ataque em Nova Iorque e o planeta está vulnerável e Os Vingadores estão tentando resolver isso (fora os trocentos problemas que aconteceram simultaneamente nos outros filmes solo) e só. Basicamente isso, nada demais. Eu só lembro que é o filme em que aparece os irmãos Maximoff e que eles precisam evacuar uma cidade inteira. De resto minha memória seletiva apaga muitos fatos. Aí toda vez que eu reassisto é aquele misto: “Nossa! É verdade que acontece isso!“.

Anos depois eu fui achar fofo o romance Natasha/Bruce. E tenho uma teoria psicológica de que ela só tenta investir nele porque sabe que não vai rolar nada. Porque na verdade ela morre de medo de se envolver emocionalmente com alguém, por isso tenta se aproximar da pessoa mais complicada para dizer que tentou, mas que não deu certo. Dona Viúva Negra, posso te apresentar uma psiquiatra de uma série? Favor se dirigir à Era Vitoriana, procure a Dra. Seward em Londres, na 3ª temporada de Penny Dreadful. De nada.

Ainda falando sobre romance: Laura e Clint. Fofo e surreal. Devo fazer a mesma cara de choque toda vez que ela aparece e depois vem as crianças correndo e chamando o Clint de “papai”. Falam da força dos Vingadores, mas ninguém comenta como deve ser a barra de uma mulher casada com um super-herói. Minha ansiedade não permitiria, bato palmas para ela, mesmo que Laura só exista na ficção.

Uma coisa que eu gostei muito: a cena da festa com todo mundo relaxado e conversando. É tão difícil ver os Vingadores reunidos e tendo um momento comum. Ou eles estão brigando entre si, ou lutando com algum inimigo ou bolando algum plano para salvar a humanidade. Conversando sobre coisas banais foi diferente e divertido.

A “morte” do J.A.R.V.I.S. eu achei triste e também idiota porque era totalmente evitável se as duas pessoas mais inteligentes dali (Tony e Bruce) usassem o cérebro para pensar e não para tentar impressionar os outros.

Voltando ao enredo, eu ainda acho fraco. Só funciona porque são os Vingadores juntos, tem muita ação e efeitos especiais e há a introdução dos novos heróis.

O fato mais importante ali é a explicação das joias e a aparição do Thanos no final.

(Poderia ter dado nota 5 pelo Thor e pela Natasha, mas tem coisa que nem eles salvam)

Ficha Técnica

  • Direção: Joss Whedon
  • Roteiro: Joss Whedon, Jack Kirby, Stan Lee
  • Produção: Jon Favreau, Kevin Feige
  • Duração: 141 minutos
  • Classificação: 12 anos
  • Elenco: Aaron Taylor-Johnson, Stellan Skarsgard, Chris Hemsworth, Jeremy Renner, Samuel L. Jackson, Robert Downey Jr., Chris Evans, Mark Ruffalo, Scarlett Johansson, Anthony Mackie, Cobie Smulders, Don Cheadle, Elizabeth Olsen, Idris Elba, Andy Serkis, Claudia Kim, Dominique Provost-Chalkley, Josh Brolin, Henry Goodman, Josh Brolin, Linda Cardellini, Paul Bettany

Veja também

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.