Pudim

pudimcookie
Estava deitada na minha cama estudando com o Cookie deitado aos meus pés, quando de repente entram Pudim e Brownie correndo pela porta.
Ela segurando uma mamadeira e ele querendo tomar a mamadeira da boca dela. Tomo a mamadeira dos dois e tento entender a história: onde eles estavam? Por que estão correndo com uma mamadeira? Onde eles encontraram a mamadeira?
Investiguei melhor a história e descubro que a mamadeira estava no armário da cozinha, no cantinho, quase escondida. Brownie e Pudim estavam sozinhos lá, acredito que eles viram o litro de leite que estava em cima da mesa e quiseram tomar, mas não tinham a quem pedir, então a Pudim (mais esperta), subiu no armário, encontrou a mamadeira e saiu correndo com ela para me mostrar que queria mamar. Ela pequenina, nos seus 2kg, correndo e subindo uma escada com uma mamadeira cheia d’água e um brutamontes correndo atrás querendo pegar.
Sei que parece história da carochinha, mas eu ri por dias disso e ainda fico sorridente quando lembro do fato e das carinhas sapecas deles olhando para mim.
pudim2
Em homenagem a essa coisinha linda laranja que operou hoje, mas já está dormindo na caminha dela, perto da mamãe, da vovó e dos irmãos.

Continue Reading

Mailbox: gatices

A Mailbox dessa semana veio recheada de gatos.
Bom, eu comprei presentes de Natal para eles no Smart Pet. O pessoal da loja é super atencioso, ligou para saber das informações das plaquinhas e enviou as coleiras e brinquedos antes das plaquinhas ficarem prontas, para adiantar o serviço. Adorei a compra e os felinos também :D
Olha que lindos eles ficaram de coleira nova:
Pudim e Brownie
Pudim e Brownie
Pudim e Brownie
Cookie
Cookie
Também comprei dois brinquedos com catnip, já que não encontro aqui para vender e eles amaram tanto que nem tá sobrando brinquedo para contar história.
Brownie
Brownie e Pudim
Pudim
Essa última foto é da Pudim, a nova moradora da casa. Ela foi abandonada no quintal no começo do mês. Miava muito, estava muito assustada e não deixou a gente a pegar. Somente no domingo, dia 09, à noite, foi que ela deixou que eu a pegasse (depois de me morder) e a trouxesse para dentro de casa.
Quando a peguei ela estava magra, suja (com carrapicho), olhos cheios de remela, ouvido com fungos, pulgas e muito assustada. Mas depois de uma semana de cuidados, comida, amor e carinho ela já se acostumou com a gente e adora brincar com Brownie e Cookie.
No dia que a peguei, achei que fosse fêmea, mas quando fui dar banho vi duas bolinhas lá embaixo e acreditei que fosse macho, mas a veterinária confirmou minha primeira suspeita. É uma fêmea que tem bolas… então tá.
Ela ainda não está de coleira porque a dela ainda fica grande.
Coleira

Continue Reading