Filme: Cinderela

Cinderela (Cinderella)
(4/5)
2021

Nesta nova e ousada abordagem musical, Cinderela (Camila Cabello) é uma jovem ambiciosa cujos sonhos são maiores do que o seu mundo permite. Mas, com a ajuda de seu Fado Madrinho (Billy Porter) tudo se torna possível.

Eu confesso que estava bem empolgada para a estreia de Cinderela para ver como a Camila Cabello se sairia no papel de protagonista e para minha surpresa ela foi bem. Outro ponto que aumentou minha expectativa foi que a estreia coincidiu com a do musical nos teatros em São Paulo. Então, quem for da Capital e puder prestigiar.

Já que eu não posso viajar para São Paulo no momento, tive que me contentar com o filme mesmo, então tentei baixar minhas expectativas e dei o play.

A história já é batida e estamos cansados de conhecer, mas conseguiram trazer uma versão bastante atual. A Cinderela de 2021, aqui chamada de Ella, não quer saber de princípe não, ela quer empreender e vender vestidos da moda para a realeza. E o motivo dela querer tanto ir ao baile é conhecer pessoas que possam ajuda-la nisso.

Ella mora com a madastra Vivian (Idina Menzel) e as duas filhas dela e passa os dias no porão costurando em companhia dos camundongos.

Do outro lado da história, temos o rei que quer forçar o príncipe Robert (Nicholas Galitzine) a se casar e ser seu sucessor. Mas o príncipe é mulherengo e só quer saber se aproveitar a vida. Quem tem muitos planos para o reino e sonha em governar é a princesa Gwen (Tallulah Greive). Mas na sociedade patriarcal, o filho primogênito homem é quem deve assumir o trono.

Achei uma releitura bem interessante, a melhor cena, sem sombra de dúvidas foi a aparição do Fado Madrinho. Achei que o filme se tornaria um episódio de Drag Race ali mesmo de tão fabulosa que foi a entrada do Fado.

As músicas são todas pop e bem conhecidas para cantar junto. Já começa com a belíssima Gotta Be da Des’ree, tem uma performance maravilhosa da Idina com Material Girl e várias outras apresentações incríveis.

Só achei que o figurino poderia ter sido melhor. Eram bonitos, mas meio fracos. A moda era para ter sido o foco, já que este era o sonho da Ella, mas achei que ficou meio a desejar.

É um filme divertido e musical, não espere nada espetacular. É um filme para assistir no meio da tarde, quando não estiver fazendo nada, para se distrair.

Mas acho que de todos os filmes com a Cinderela, o meu preferido ainda é o da Hilary Duff (ela realizou o sonho de ir para a faculdade, descobriu que não era pobre, a madrasta se deu mal e ela ainda ficou com o garoto popular – e a trilha é fofinha).

Assista no Amazon Prime

Ficha Técnica

  • Direção: Kay Cannon
  • Roteiro: Kay Cannon, Charles Perrault
  • Produção: James Corden, Jonathan Kadin, Louise Rosner, Shannon McIntosh, Leo Pearlman
  • Duração: 113 minutos
  • Classificação: 10 anos
  • Elenco: Camila Cabello, Nicholas Galitzine, Idina Menzel, Billy Porter, Pierce Brosnan
Continue Reading

Filme: Em um bairro de Nova York

Em um bairro de Nova York (In the Heights)
2021
(4/5)

Antes de mais nada, me desculpem, mas eu só consigo chamar esse filme de In the Heights, que é o nome original em inglês e também o nome do musical que inspirou o filme. Já tinha ouvido falar do musical antes, mas só este ano tive conhecimento da história dele e me encantei. Por isso fiquei com receio de assistir ao filme e achar estranho.

Eu tenho medo de adaptações de peça da Broadway para o cinema, mas acredito que funcionou muito bem para Em um bairro de Nova York.

O filme conta a história de uma comunidade latina na periferia de Nova York e vemos alguns dias na vida dos moradores de Washington Heights. Os dias que antecedem e os dias do blackout.

A história é contada pelo protagonista Usnavi (Anthony Ramos), dono da mercearia local, mas todos os moradores tem seus momentos de destaque. Ao longo da trama, cada personagem apresenta seu sonho (sueñito).

Nina (Leslie Grace), a filha do dono da empresa de táxi, foi a primeira latina a sair da comunidade e ir para a universidade e agora está voltando para casa de férias e tem um recado difícil para dar ao pai e aos vizinhos.

Vanessa (Melissa Barrera) sonha em morar no centro e ser uma grande estilista.

Benny (Corey Hawkins) trabalha para o Sr. Rosario, pai de Nina e sonha em se casar com ela.

Sonny (Gregory Diaz IV) é um jovem estudante quer seus documentos para conseguir fazer faculdade.

O sonho de Usnavi é voltar para a República Dominicana e reabrir o bar de seu falecido pai.

Todas essas histórias se encontram na comunidade e ao redor da relação que criaram com a Abuela Claudia (Olga Merediz), uma das primeiras imigrantes do bairro.

Além dos sonhos, o filme também trata de forma leve de temas como a imigração, precariedade de condições de vida na periferia, processo de gentrificação e preconceito.

Mas com as músicas que grudam na cabeça e o cenário coloridíssimo deixam tudo bem tranquilo. Lin-Manuel Miranda nos leva para dentro do bairro e da vida dos personagens com as canções e ao final do musical também temos o sentimento de pertencimento.

Eu gostei, mas tem que levar em conta que é um musical (muita gente não gosta desse estilo de filme). E que é um filme baseado em uma peça da Broadway. Eu sempre acho que adaptações não são fiéis e uma coisa ou outra no original podem ser melhores. Alguns detalhes eu acho que funcionam na linguagem do teatro, mas quando eu vi como filme já comecei a questionar.

Também vi que nem todas as músicas da peça estão no longa.

E tem cena pós-crédito. Não deixem de assistir.

Onde ver? HBO Max.

Ficha Técnica

  • Roteiro: Quiara Alegria Hudes
  • Produção: Anthony Bregman, Lin-Manuel Miranda, Mara Jacobs, Scott Sanders
  • Duração: 142 minutos
  • Classificação: 12 anos
  • Gênero: Comédia, Drama, Musical
  • Elenco: Anthony Ramos, Corey Hawkins, Gregory Diaz IV, Leslie Grace, Melissa Barrera, Olga Merediz, Lin-Manuel Miranda
Continue Reading