Monthly Archives:June 2011

  • Fallen

    Post Image

    Lauren Kate
    (4/5)
    Sinopse: Há algo estranhamente familiar em Daniel Grigori. Misterioso, ele captura a atenção de Luce Price desde o momento que ela o vê em seu primeiro dia no internato Sword & Cross, em Savannah, Georgia. Ele é o único brilho em um lugar onde celulares são proibidos, os outros alunos são toscos e câmeras de seguranças acompanham todos os movimentos. Mesmo que Daniel não queira nada com Luce, e faz com que isso fique bem claro, ela não consegue deixar pra lá. Atraída por ele como uma mariposa é atraída por uma chama, ela tem que descobrir o que Daniel está tão desesperado pra esconder, mesmo que isso possa matá-la.
    Opinião: Esse foi mais um desses livros que eu gostei da capa e comprei só pra ver o que era e me surpreendi positivamente com ele. Nem li a sinopse para saber do que se tratava e fui logo querendo ler… E o tamanho (406 páginas) também me deixou mais animada (adoro livros “grandes”).
    Então comecei minha leitura despretenciosa e lá pelo meio do caminho, sem entender bulhufas, resolvi ler a sinopse e não me ajudou em nada!
    Luce vai para um reformatório porque vê coisas estranhas e é suspeita na morte de um menino. E o livro vai narrando como foi essa chegada na escola, seus amigos e descobertas por lá. Mais da metade do livro para narrar esses fatos e contar sobre o dia-a-dia da Luce, sem nada de muito interessante e relevante.
    Mas a curiosidade só vai aumentando porque quase não tem “cenas” com o Daniel e quando ele aparece é bem misterioso. Então a gente fica nessa ansiedade de saber que diabos há com ele, porque a Luce ver essas sombras e qual a relação entre isso tudo.
    Esse quebra-cabeça só chega ao fim nas últimas páginas do livro, então são quase 400 páginas de muita ansiedade e mistério.
    A narrativa é muito boa, detalhada e algumas vezes acho até que há uma certa enrolação do desenvolver da história (eu sou meio objetiva para as coisas), mesmo assim gostei bastante e recomendo a leitura.
    Não foi meu livro favorito do ano, mas até anotei a seguinte citação de tão fofa que achei:

    “Lutar pela única coisa que ela sabia que era boa o suficiente, nobre o suficiente, poderosa o suficiente para valer a pena arriscar tudo. O amor.”

    Acho que esse gênero de livros com meninas adolescentes se apaixonando por seres imortais/que podem matá-las está na moda, mas mesmo sendo modinha eu gosto. E Fallen se enquadra nos livros desse estilo que mais gostei :)

  • Diários do Vampiro – O confronto

    Post Image

    L. J. Smith
    (5/5)
    Sinopse: Há muito tempo, quando transformou Damon e Stefan em vampiros, a bela Katherine nunca imaginou que separaria os irmãos para sempre. Seu coração pertencia aos dois, mas ambos a queriam para si. A batalha pelo coração da jovem culminou em sua morte e num pacto de vingança entre os irmãos Salvatore. Refém do acaso, Elena Gilbert não demora a perceber que, se existe algo mais arriscado do que estar apaixonada por um vampiro, é ser desejada por dois deles. Enquanto Stefan luta para controlar seus instintos, Damon persevera na missão de conquistar Elena; mas o perigo espreita o destino dos três. O confronto é o segundo volume da série Diários do vampiro, de L. J. Smith, que deu origem à série de televisão Vampire Diaries, escrita e produzida por Kevin Williamson (Dawson’s Creek) e estrelada por Ian Somerhalder, Paul Wesley e Nina Dobrey.
    Opinião: Bem melhor que o primeiro! Depois da metade do livro eu não consegui mais parar de ler de tão bom que era *_*
    É totalmente diferente da série e cada vez isso fica mais evidente. Apesar de ter umas partes bem “Crepúsculo”, como aquelas declarações de amor babosas e tals, ainda assim é bom e compensa pelas cenas de ação e a presença ativa do Damon :D
    Ainda continua valendo a pena ler e chega no final do livro dá vontade de correr para o próximo. Extremente viciante, o que é bom para quem tem todos os livros e pode ir logo correndo para ler a sequencia, mas péssimo para aqueles que precisam esperar um pouquinho para conseguir ler o próximo volume.
    Eu queria fazer uma resenha menos porca que essa, mas seria impossível escrever algo melhor sem lotar de spoilers e encher de frases repetidas, então vai assim mesmo. ^_^
    O que interessa mesmo é que é melhor que o primeiro e espero que seja pior que o terceiro *viciada*

  • Altos rocks…

    Post Image

    Como eu sou uma pessoa que vive na night e está em todos os rocks *cof cof* meus últimos grandes rocks (que eu esqueci de contar) foram: visitar a Clarinha e o aniversário de um aninho do Miguel.
    A Clarinha é sobrinha da Maíra e nasceu dia 24/05 e fui na casa dos pais da Má, na sexta-feira da mesma semana, depois da minha aula de teatro. Aproveitei pra rever a Má e conhecer a coisinha pequenininha e lindinha que é a bebê. *_* (olha a cara de tia babona que a Má ta na foto ao lado hehehe)
    Ela é tão fofinha que falei que vou apresentar o Miguel pra ela quando eles estiverem maiores hahaha :D
    Foi bom também rever o Tutu (Luke, o cachorrinho da casa), os pais da Maíra (a mãe dela é uma fofa *aperta*), o Eric (irmão da Má e papai da Clarinha) e conhecer a Aline (mãe da Clarinha).
    Levei de presente roupinhas fofas cor-de-rosa que nunca podería comprar p/ Miguel.
    Depois desse rockzinho, o próximo foi: o aniversário de um aninho do Miguel.


    A festa foi no segundo piso da pizzaria Mr. Pizza em Laranjeiras.
    O Miguel continua lindo, fofo e adorou ficar na piscina de bolinhas *_* Eu fui a primeira pessoa a tirar foto com ele, então assim que cheguei fui pegando ele no colo pra tirar foto *_*
    A decoração foi toda de ursinhos e barquinhos, nos tons navy, vermelho e branco. Lindo demais!
    Depois das fotos, hora de sentar na mesa e comer (e como comi!). Comi uns 4 pedaços de pizza, mais refrigerante, mais bolo e mais bombons. Detalhe nos bombons: tinham cabecinhas de ursinhos em cima!! Dava até dó de comer de tão lindos! *_*
    Trouxe pão de mel, pirulito de chocolate, marshmallow, minhoca de goma, bombons e docinhos pra casa. Os bombons foram pra minha tia que ficou em casa e pra minha prima que pediu lembrancinha.
    Festa de criança é tudo de bom!! Queria ir em uma por mês, mas meu colesterol não deixa e eu não conheço tantas crianças assim. T_T

    Ah!! Eu dei de presente p/ Miguel uma piscina de bolinhas!! Nem sabia que ele gostava, mas fiquei tão feliz quando o vi brincando feliz da vida no meio daquelas bolas que saí anunciando pros pais, tio e avó dele hahaha :D
    Fala que a madrinha não tem um bom feeling pra comprar presente?!

    PS: fotos péssimas do aniversário pq a iluminação do local não ajudou em nada meus dotes fotográficos