• Resultado: sorteio de aniversário de 9 anos do blog

    resultado sorteio de aniversário

    Hoje é dia de vir aqui agradecer a todas as entradas para o sorteio de aniversário de 9 anos do blog.
    Obrigada a todo mundo que participou e ajudou na divulgação do sorteio.
    resultado sorteio de aniversário
    Foram 601 entradas e 55 comentários, dentre leitores antigos e novos leitores. Fico muito feliz ao ver cada vez mais adesão aos sorteios.
    Continuem assim para eu trazer sempre conteúdo e sorteios novos.
    Agora vamos ao ponto mais importante: o nome da pessoa sortuda que vai aproveitar muito o vale-compras neste fim de ano…
    luly
    Parabéns, Luly!!! Aguardando o e-mail com os seus dados.

  • Livro: O primeiro dia do resto da nossa vida

    o primeiro dia do resto de nossas vidas

    o primeiro dia do resto de nossas vidasKate Eberlen
    (5/5)
    Editora Arqueiro
    2016
    432 páginas

    Tess e Gus foram feitos um para o outro. Só que eles não se encontraram ainda. E pode ser que nunca se encontrem…

    Quem consegue resistir a um livro com essa chamada? Se a sua mente já começou a tocar alguma música da Liz Phair e você está esperando uma comédia romântica digna de Sessão da Tarde você está certo.
    A história de O primeiro dia do resto da nossa vida começa em agosto de 1997.
    Tess está de férias com sua melhor amiga Doll e sonhando com a universidade. Elas passaram o verão viajando de um país para outro da Europa e agora estão na Itália aproveitando os últimos momentos. Elas estão fazendo planos para o futuro e pensando em como a vida mudará com o fim das aventuras de verão. Tess, uma moça inteligente e ávida tenta absorver ao máximo da cultura e da arte presente no país. Doll não se interessa tanto assim pelos passeios pelas numerosas igrejas, mas não desanima a amiga.
    Gus está viajando com os pais pela Itália. Ele adoraria fugir de todas as programações familiares que os pais fizeram e ficar admirando as obras presentes nas igrejas e na arquitetura italiana, mas o máximo que consegue são rápidas escapadas para correr. Ele mal pode esperar para ir para universidade e fugir do controle dos pais. Ele queria estudar arte ou outra coisa, mas seus pais insistiram para que ele fizesse medicina e o rapaz não contrariou a vontade da família.
    Os capítulos dos livros são intercalados, ora conhecemos a história de Tess, ora a de Gus. A cada capítulo e a cada página virada me vi perguntando se finalmente Gus e Tess se encontrariam.
    São narrados dezesseis anos de história. Vemos a vida de Tess virando do avesso, acompanhamos seus êxitos e suas perdas. Também conhecemos as fraquezas e as qualidades de Gus e percebemos como os dois personagens são reais.
    A vida de ambos possui altos de baixos e a autora conseguiu transmitir todos esses sentimentos. Nada é perfeito. É um livro totalmente fora do clichê.
    O tempo todo Tess e Gus estão se cruzando pelos caminhos ou estão no mesmo lugar e na mesma hora, mas eles não se conhecem e um não sabe da existência do outro.
    Várias vezes me questionei se eles realmente eram perfeitos um para o outro e se eles deveriam ficar juntos. No final das contas eu cheguei à conclusão de que ninguém é perfeito para ninguém. Somos indivíduos com defeitos e qualidades. Nossa metade da laranja não vai encaixar certinha e talvez ela nem seja uma laranja.
    A autora brincou de Deus e senhora do destino e ficou com a vida dos personagens nas mãos. A todo momento ela juntava e afastava os protagonistas de uma forma tão sutil que só no fim do livro que sabemos se eles se encontram ou não. Ou se eles são destinados a ficar juntos, ou não.
    O primeiro dia para o resto de nossas vidas é um livro adorável, daqueles que aquecem o coração. É leve, é engraçado, é fofo e emocionante.

    – Não posso fazer você ter fé, Tess – disse ela. – Esse é um passo que você tem que dar sozinha e, depois, tudo vai fluir.
    P. 37

  • Planning 101: Caderninho de bolsa

    planning 101: caderninho de bolsa

    Na mesma época que adquiri o Happy Planner eu comecei a usar um caderninho dentro da bolsa para anotar coisas da faculdade.
    caderninho_de_bolsa_1
    Eu comecei a treinar um BUJO nele. Organizei mais ou menos as semanas, dias e anotações importantes.
    Nele tem desde anotações de aula até lista de compras e despesas diárias, passando por ideia de posts, pauta de perguntas para mediação de evento, etc. Como é levinho eu carrego para tudo quanto é canto. Deixo um clipe grande marcando o dia/semana e isso facilita na hora de ver os compromissos ou anotar algo.
    caderninho_de_bolsa_2
    caderninho_de_bolsa_3
    Por ser um caderno mais simples eu não tenho tanta preocupação se vai sujar, amassar folha ou danificar. Eu tomo cuidado sim, mas não é como se o caderno fosse se deteriorar na minha mão.
    caderninho_de_bolsa_4
    Tenho um Kikki-k personal para levar na bolsa, mas acabo preferindo meu caderninho a ele e para o ano que vem já estou com outro caderninho em vista, só que quero investir mais no formato BUJO e não deixar o caderninho com informações soltas.
    caderninho_de_bolsa_5
    O que você acha dessa forma de organização? Já usou? Ou prefere os planners(?) tradicionais?