fevereiro

Desafio Q&A Fevereiro 6-10

Continuando o Desafio Q&A Fevereiro com as perguntas de 6 a 10. Para participar, conhecer as regras ou apenas se divertir é só fazer parte do grupo do blog no Facebook.
fevereiro

6. Meu personagem preferido é

Já tive tantos personagens preferidos que é difícil escolher apenas um. Desde a última temporada de Penny Dreadful estou apaixonada pela Vanessa Ives e por mais que eu assista outras séries e filmes eu não consigo esquecer Vanessinha.
Vanessa é um dos personagens mais fortes que eu conheço. Ela literalmente comeu o pão que o diabo amassou e continua firme, lutando contra o mal. Sua fé é colocada à prova a cada episódio e ela poderia simplesmente desistir, mas segue enfrentando seus medos e seus demônios interiores.
vanessa-ives

Todas as pessoas tristes gostam de poesia.

PS: Eva Green também é linda bagarai. Que atriz consegue continuar bonita mesmo incorporando um demônio no corpo? Só Eva.

7. O melhor do carnaval

Poder fazer o que você quiser sem ninguém pra te julgar. É o melhor feriado do ano, gente! Quem é de folia vai pra folia, quem é religioso vai pra retiro, quem é de dormir vai dormir, quem é de Netflix vai ficar no Netflix, quem é leitor vai ficar na leitura… E ninguém está nem aí para o outro. Todo mundo curtindo no seu canto de boas.
Na Páscoa te olham torto se você não come chocolate, no Natal e no Ano Novo você tem a obrigação de ser simpático e desejar felicitações, mas no carnaval não.
Você pode se trancar dentro do quarto e só irão lembrar da sua presença depois do feriado. Não é maravilhoso? Não é libertador?
Que venha o Carnaval 2017!
leave-me-alone

8. Bebida preferida

Água com gás. Desde que parei de beber refrigerante e bebidas adoçadas, água com gás se tornou minha parceira. Geralmente é minha primeira opção de bebida, passando na frente do chá gelado e do suco de laranja natural (sem gelo, sem açúcar e sem água).
Eu que odiava beber água colocar água com gás na categoria de bebidas preferidas é algo muito estranho. Há 3 anos eu acharia brincadeira.

9. Minha fantasia é…

Não pulo carnaval fantasiada, aliás, não pulo carnaval. Na última festa à fantasia que fui eu me vesti de pirata. Das vezes que saí em bloquinho só coloquei um adorno na cabeça (coroa e chapéu de bruxa). Acho que figurino nas peças não conta como fantasia, né?
Mas eu quero muito me fantasia de cheerleader em alguma festa. Quem sabe na próxima XD
cheerleader

10. Eu me arrependo de…

Não ter feito vestibular para jornalismo quando fiz prova na UFES. Meu sonho secreto era fazer jornalismo, mas já tenho um diploma que não serve para nada e uma profissão não regulamentada no currículo, então deixa o jornalismo para a outra vida.
Acho que eu não teria seguido na profissão, mas teria me divertido muito mais na faculdade de jornalismo que a de Direito. Com certeza se eu tivesse feito jornalismo hoje eu também estaria terminando minha segunda faculdade.

polypop-jessica-jones

Série: Jessica Jones

Jessica Jones é a nova série da Marvel criada por Melissa Rosenberg para a Netflix, a série é baseada na personagem de mesmo nome da Marvel Comics. Ela é a segunda de quatro séries sobre super-heróis que futuramente irão se unir em uma equipe.
Jessica teve um fim trágico na carreira de super-heroína, então decide abrir sua própria agência de detetives e tenta reconstruir sua vida como detetive particular em Nova York usando suas habilidades especiais.
polypop-jessica-jones
A atriz Krysten Ritter estrela o papel principal. David Tennant, Mike Colter, Rachael Taylor, Carrie-Anne Moss, Eka Darville, Erin Moriarty, e Wil Traval também fazem parte do elenco.
Todos os episódios da primeira temporada estão disponíveis na Netflix e uma segunda temporada foi renovada, mas ainda sem previsão de estreia.

Eu só digo o que eu quero

Eu só digo o que eu quero


Passei o carnaval vidrada na frente da TV fazendo maratona de Jessica Jones. Me apaixonei pela heroína politicamente incorreta que vive amedrontada pelo vilão principal, Kilgrave.
À primeira vista Jessica parece um personagem fraco, que tem medo de enfrentar Kilgrave, mas ao longo da série ela vai evoluindo e aprendendo a conviver com este sentimento.
Ela falha, chora, foge, se esconde, bebe (muito), fala palavrão o tempo todo e tem desejos sexuais. Nada do que esperamos de um super-herói normal, por isso ela é tão especial. Este toque humano que ela tem nos aproxima dela e traz empatia com o personagem.
Algo que eu nunca digo. Como, "Eu te amo"

Algo que eu nunca digo. Como, “Eu te amo”.


Kilgrave é um vilão desprezível. Vi algumas pessoas comentando que queriam ele e a Jessica ficassem juntos, mas essa ideia é completamente fora de cogitação. Kilgrave usa o poder da mente para conseguir o que deseja. Ele controla a mente das pessoas e elas agem contra a própria vontade. Ele é a personificação do relacionamento abusivo. O personagem é tão asqueroso que a cada episódio eu o odiava mais e mais. Totalmente fora de cogitação alguém imaginar ele em um relacionamento com qualquer pessoa.
Série completamente viciante, dessas de pegar a pipoca e passar o dia todo assistindo sem pausa.

fevereiro

Desafio Q&A Fevereiro 1-5

Este é o primeiro post do Desafio Q&A Fevereiro. Decidi dividir este mês pelas perguntas, ao invés de partes. Quem quiser fazer o desafio e conhecer as regras é só entrar no grupo do Facebook.
fevereiro

1. O que eu fiz no fim de semana

Fim de semana de carnaval e eu em casa: dormi, instalei uma antena externa de TV, li, fiz maratona de dois seriados (Jessica Jones e How To Get Away With Murder), assisti Animes, tomei muito sorvete (nem passei mal dessa vez, então aproveitei), assisti TV aberta (é o que me resta agora) e perdi tempo jogando Candy Crush Jelly.
jessica-jones

2. O que eu faço para me acostumar novamente com a rotina

Eu me jogo de cara no novo horário. Como agora a única coisa que eu faço de manhã é o teatro, no primeiro dia que acordarei de madrugada cedo e irei para a aula. Vou chegar em casa morta, mas é vida que segue. Em uma semana volto aos horários de sempre.

3. Meu restaurante preferido

Eu não sou muito de sair e ir em restaurantes, geralmente vou nos mesmos. Mas de todos os que eu fui o que eu mais sinto saudade é da Lanchonete da Cidade em São Paulo.
Não é restaurante, é uma hamburgueria, mas o lanche é gostoso, o ambiente é bonitinho e eu queria que aqui tivesse também.
Sei que existem melhores, mas é o que eu gosto XD
lanchonete-da-cidade

4. O que eu levo na bolsa/mochila/carteira

minha-bolsa
Estojo com lápis, caneta, borracha, etc., iPod, fone de ouvido, celular, óculos de sol, chaves, espelho (o donut), bolsinha de moedas, carteira e nécessaire com remédios, lenço de papel, batom, gloss e máscara.
Esqueci de fotografar meu caderninho de anotações. Deixo meu planner em casa, mas carrego o caderninho do blog para anotar lista de compras, compromissos, etc.
E sempre tem um livro também, como varia conforme o momento não fotografei.

5. Se eu pudesse ser outra pessoa eu seria…

Una Foden. Eu sempre quis ser uma superstar, mas passei longe das qualidades necessárias. Deve ser por isso que eu admiro tanto quem sabe cantar bem e tem presença de palco.
Una é linda, sabe tocar violão, compor músicas, possui a melhor voz nas The Saturdays (mas não é a melhor dançarina), tem um marido maravilindo e dois filhos perfeitos. Trocaria de vida com ela facilmente.

Uma foto publicada por UNA (@unafoden) em

Uma foto publicada por UNA (@unafoden) em


Ela e a família perfeita (jogando na nossa cara quantas vezes eles entraram na fila de beleza). E abaixo um vídeo das The Saturdays para matar um pouco a saudade T____T