ayu2
Audio

Segunda Pop: Ayumi Hamasaki

ayu
Ayumi Hamasaki é uma cantora japonesa de 36 anos que iniciou sua carreira em 1998. Desde seu primeiro álbum, compõe todas as suas músicas e escolhe o estilo musical que irá seguir em cada fase. Nos anos 2000 chegou ao ápice de seu sucesso, vendendo milhões e lançando singles que conquistaram o primeiro lugar na Oricon, a parada oficial de música do Japão. Ayu, aliás, é a cantora solo com mais singles em primeiro lugar, detentora do recorde de 35 singles consecutivos em #1.
Com sua extensa carreira, já experimentou diversos estilos e lançou modas e tendências. Com mais de 50 singles e 15 álbuns lançados, ela se prepara para lançar o “A One”, seu 16º álbum de estúdio, com a data de lançamento marcada para o dia 08 de abril. Com esse álbum, ela explora seus melhores lados, cantando baladas bastante tradicionais, do estilo que a consagrou, além de mesclar seu lado mais rock em outras faixas, criando canções poderosas. Ayu também não se deixa intimidar pelas regras sociais japonesas, afinal é uma mulher com 36 anos e não tem medo de se sentir sexy, quebrando diversos tabus por não ser mais considerada nova para fazer este tipo de trabalho (ao menos aos olhos de boa parte do público japonês). Esta é ayu, uma cantora que nunca se sentiu intimidada por nenhum estereótipo, quebrando regras e sempre demonstrando seu grande talento como compositora, cantora e diretora.
ayu2

Playlist

Zutto…
essa é uma balada bastante tradicional e dramática da ayu, com um clipe visualmente bem prazeroso:

The GIFT
outra balada tradicional, com um toque bem romântico:

WARNING
uma música poderosa que mostra o lado sexy e ousado da Ayu

Last minute
com um conceito bem simples mas que funciona muito bem em vídeo, ela mostra seu lado mais obscuro e pesado

Esses quatro clipes foram gravados para divulgar o novo álbum, A One.
ayu

PS: post escrito pelo Leo (que obviamente esqueceu o login e me passou o arquivo pra eu postar/agendar)

Promoção de Páscoa

Promoção de Páscoa

Promoção de Páscoa
O coelhinho da Páscoa aqui do blog ao invés de trazer ovinhos, vai trazer LIVROS!
São dois livros para dois sorteados :D
A promoção de Páscoa vai de hoje até o dia 19 de abril. O sorteio será no dia 20/04/2015 e posto o resultado aqui mesmo.
Os títulos a serem sorteados são As mentiras de Locke Lamora (que eu resenhei aqui) e Boa Noite, Estranho. Você pode escolher de qual sorteio quer participar ou participar dos dois, se te interessar.

Regras:

1. Preencher corretamente o formulário Rafflecopter (é só ir clicando e seguindo as orientações);
2. Deixar um comentário neste post falando qual livro você quer ganhar e porquê (se você quiser os dois, basta um comentário, desde que mencione os dois livros);
3. Curtir a página do blog no Facebook (não basta visitar, tem que curtir);
4. Ter um endereço de entrega no Brasil;
5. Responder ao e-mail do sorteio, informando seus dados para o envio em até 48h (quarenta e oito horas), caso contrário realizarei um novo sorteio;
6. Seu livro será enviado em até 30 dias úteis;
7. Extravios dos Correios não são responsabilidade do blog, bem como a informação errada do endereço de entrega (nestes casos você perde direito ao prêmio).
8. Uma pessoa não pode ganhar os dois livros. Se a mesma pessoa for sorteada duas vezes, ela poderá escolher o livro que quiser, mas farei o sorteio novamente do outro livro.

As mentiras de Locke Lamora
a Rafflecopter giveaway

Boa noite, estranho
a Rafflecopter giveaway

Boa sorte!

miopia

Por trás dessa lente também bate um coração

miopia
Pode não parecer, mas eu uso óculos.
E claro que quem precisa usar óculos não acha isso nada divertido. A gente se acostuma, mas adoraríamos ter nascido com a visão 20/20. E não me venha falar que me entende se você tem menos de 3 graus de miopia, isso é um insulto para um míope.
E como toda boa míope que não gosta de usar óculos eu estou sempre de lentes de contato. Já passei com um problema com minha lente uma vez há uns anos, mas estava tudo bem com meu olho e minha lente.
Eu sou a melhor paciente do meu médico. Cuido direitinho das minhas lentes e as mantenho impecavelmente limpas, então não me preocupo em levar estojos de lentes ou óculos para onde eu vou, porque meus olhos estão sempre saudáveis.
Mas então meu olho começa a ressecar… Ar-condicionado! Claro que é esse maldito! Pingo algumas gotas de colírio e soro fisiológico, rezo para dar tudo certo, fecho os olhos e continuo sentada na van indo para faculdade.
Chego na faculdade, me arrumo para iniciar a aula prática e o olho continua seco, jogo mais 1 litro de soro fisiológico e fecho o olho direito (meu olho bom) durante a explicação do professor.
Tento anotar, fazer o olho produzir lágrima, fechar um olho, manter outro aberto, pensar, escrever, guardar minhas coisas, ir trabalhar em grupo, fazer três sanduíches, criar um conceito para um prato…
E o maldito olho ressecando e ficando vermelho e incomodando muito.
Eu comecei a surtar, não conseguia fechar o olho, nem abrir o olho e comecei a andar igual uma barata tonta dentro da cozinha (e tonta mesmo) tentando ser útil para alguma coisa, mas minha cabeça só gritava para eu arrancar o olho fora, abrir um buraco na terra e me enfiar lá dentro.
Comecei a sentir dor de cabeça, fiquei meio surda (míope quando não enxerga também não escuta) e completamente desorientada. Começaram a me perguntar o que eu tinha no olho e aí eu comecei a entrar em desespero: DÁ PRA VER QUE EU TENHO ALGO NO OLHO?
Joguei mais um litro de soro dentro do olho e continuei vagando sem destino pela cozinha. Me voluntariei para escrever a ficha técnica da produção da aula (ainda queria ser útil) e fiquei debruçada na mesa escrevendo, com a cabeça pendente para o lado direito e muita vontade de sair gritando feito louca.
Quando não aguentei mais o que eu fiz?
Isso mesmo! Tirei a lente e coloquei na boca.
Sabe a sensação de tirar o sapato apertado que fez mil bolhas no seu pé? Foi ainda melhor. E claro que a lente tinha que ir para boca. Onde eu ia achar um lugar úmido para colocar uma lente no prazo de 10s?
Só que o alívio chegou, mas a tontura não passou, nem a surdez, nem a vontade de sair correndo. Então eu continuava achando que ia enlouquecer por causa de um olho e agora estava com uma lente gelatinosa de silicone dentro da boca.
E para melhorar o que aconteceu? Isso mesmo! Meu grupo começou a apresentar um dos pratos e o professor começou a fazer perguntas que eu não sabia responder, porque minha cabeça estava muito louca em algum lugar do submundo ou não podia responder porque eu estava com uma lente oftalmológica dentro da boca!
Por muita sorte encontrei dois copos descartáveis. Coloquei soro em um, a lente dentro e cobri com o segundo copo. Teria que ser o suficiente para terminar a aula e chegar em casa.
Não sei mais o que aconteceu na aula, só lembro de coisas vagas e borrões (literalmente).
E vim embora caolha, surda, tonta, com dor de cabeça e com a mente treinando piruetas para as Olimpíadas. Por sorte do destino nenhum carro me atropelou enquanto eu atravessava a rua cega e mentalmente perturbada.
Drogas pra quê quando se é míope?
gato

PS: a primeira imagem é desse trabalho maravilhoso de conclusão de curso :D