Becca Fitzpatrick
(5/5)
Sinopse: Nora deveria saber que sua vida estava longe de ser perfeita. Apesar de começar uma relação com seu anjo da guarda, Patch (quem, título à parte, pode ser descrito como qualquer coisa, menos angelical), e sobreviver a um atentado a sua vida, as coisas não parecem melhorar. Patch está começando a se afastar e Nora não consegue descobrir se é para o seu próprio bem ou se o seu interesse voltou-se para sua arqui-inimiga, Marcie Millar. Sem contar que Nora é assombrada por imagens de seu pai e ela fica obcecada querendo descobrir o que realmente aconteceu com ele naquela noite em que ele partiu para Portland e nunca voltou para casa. Quanto mais Nora se aprofunda no mistério da morte de seu pai, mais ela começa a se perguntar se sua ascendência nefilim tem algo a ver com isso, assim como o por quê de ela estar em perigo com mais freqüência do que as garotas normais. Já que Patch não está respondendo suas perguntas e parece estar atrapalhando, ela tem que começar a procurar as respostas por si só. Confiar demais no fato de que ela tem um anjo da guarda põe Nora em perigo de novo e de novo. Mas ela pode mesmo contar com Patch ou ele está escondendo segredos mais obscuros do que ela pode imaginar?

Opinião: Continuação da série Hush, Hush e, na minha opinião, melhor que o primeiro livro. O início é um pouquinho parado, mas isso é compensado pelo suspense envolvendo a morte do pai da Nora e o misterioso “Mão Negra”.
Além disso, tem todo rolo dela com o Patch e Scotty, o novo personagem.
O livro tem várias partes de suspense e emoção e, apesar de não ser meu estilo favorito, consegui ficar presa do início ao fim.
Confesso que fiquei com raiva da Nora em várias passagens e a forma como ela agiu em diversos trechos não tinha nada a ver com o título “Crescendo”. Ela foi completamente imatura e irresponsável, praticamente na história inteira, mas mesmo odiando isso foi o que manteve o enredo e o suspense.
A melhor parte é o final, termina com mais suspense ainda e faz uma ligação perfeita para a continuação da série (que estou louca para ler, falando nisso).
Mesmo estudando consegui ler em menos de 24h! O que comprova que é um livro envolvente e viciante, mesmo sendo literatura adolescente – que eu amo, diga-se de passagem.