O dia do rock foi oficialmente segunda-feira, mas nada me impede de postar hoje e comemorar a data em outro dia da semana, como hoje, por exemplo.
Além da playlist maravilhosa (aperte o play aí embaixo), vou falar de 5 vezes que a vida me fez rockeira.

1. Quando meu primo ouvia Oasis sem parar

oasis
Teve uma época na minha vida que meus tios moravam na parte de baixo da minha casa e meu primo, adolescente na época, ficava ouvindo Oasis o dia inteiro, principalmente Wonderwall. Enquanto eu ficava no quarto, no andar de cima, ouvindo pop e dançando axé (sdds anos 90) ele ficava no andar de baixo ouvindo Oasis. Acho que decorei a letra de Wonderwall antes mesmo de aprender a cantar Wannabe.

2. Quando a MTV Brasil passava vídeos do Red Hot Chili Peppers

red-hot-chili-pepers
Graças à MTV eu conheci a maior parte do repertório de bandas dos anos 90 e 80 (e início dos 2000). Enquanto eu ficava ligada no canal esperando passar algo sobre Spice Girls, Five ou Britney Spears eu assistia a clipes e via notícias sobre outras bandas e outros estilos. Acabei gostando de The Offspring, Aerosmith, RHCP e Foo Fighters por causa da MTV. De todas as bandas, a única que eu comprei o CD e ouvia até dor os ouvidos era RHCP. Californication (álbum) foi minha paixão rockeira de 1999.

3. Quando fui a festivais de rock com minhas amigas

rock
Minhas amigas tinham uma banda de pop-rock, a RNA, e elas participavam de festivais e iam a shows de outras bandas daqui que tocavam esse mesmo estilo. Eu ia junto e curtia o momento rockeiro \m/

4. Quando eu toquei Guitar Hero

(e viciei em Franz Ferdinand)
Franz Ferdinand in the Guardian studio
Comecei a tocar Guitar Hero na maior inocência e aprendi a tocar Take me Out do Franz Ferdinand. Toquei tanto essa música que aprendi a gostar de Britpop e saí atrás de outras bandas, conheci Travis, Artic Monkeys, Keane e várias outras por causa de um jogo e até passei por uma fase bem underground de usar All Star Converse surrado (uso até hoje porque ele é de estimação), jeans e camiseta, enquanto todo o resto do universo ao meu redor estava de salto e roupas sociais. #polyrebelde

5. Quando eu fui no show do U2 em São Paulo

u2
Consegui a proeza de comprar o ingresso e ir ao show com meu amigo (aliás, ele conseguiu). Além de U2, a atração principal, ainda curtimos o mega show do Muse *_*
Diga-se de passagem foi o melhor momento rockeiro da minha vida.

A vida me fez rockeira em vários outros momentos e eu tive diversas fases de ouvir apenas um estilo de rock ou apenas uma banda, mas selecionei os mais marcantes e que me deixaram fazer ligação com outras bandas (que indiretamente acabaram entrando na trilha sonora do início do post).
E com você? A vida já te fez rockeir@?

Esse post foi um oferecimento Rotaroots, um grupo de blogueiros com propósito mais old school e voltado para conteúdo de qualidade. Conheça o grupo no Facebook.