Siobhan Vivian
(3/5)
Editora Novo Conceito
2012
224 páginas

Sinopse: Ruby está completando 16 anos… mas o dia especial não é tão doce quanto foi planejado. Seu pai desaparecido há muito tempo aparece e Ruby não quer ter nenhuma relação com ele. Ao contrário, ela quer sair com seus amigos — a leal Beth, a perigosa Katherine e a fofoqueira Maria. Elas dão muitos conselhos a Ruby — sobre garotos, seu pai e como ela deve se vestir e como deveria estar se sentindo. Mas, na verdade, ela não sabe o que pensar ou sentir. Especialmente quando um novo garoto entra em cena… e Ruby descobre que algumas de suas amigas não são tão verdadeiras quanto dizem.

Opinião: Eu comecei a ler com uma certa espectativa, pois o livro é bem fininho e imaginei que seria fácil de ler, mas fiquei emperrada com ele por um bom tempo.
Eu não me identifiquei nem um pouco com os personagens. Primeiro porque a Ruby é uma adolescente que tem um relacionamento conturbado com o pai, depois porque ela quase não tem diálogo com a mãe e, último, porque o relacionamento dela com as amigas é bem diferente do que eu já tive com minhas amigas. Então não consegui sentir nada com a história.
Quando eu não me identifico muito com a história a leitura para mim não flui e o livro já perde a graça antes da metade. Não quer dizer que seja ruim, só que para mim não funcionou.
Acho que leitoras (principalmente) mais jovens podem gostar mais dele que eu, já que tem essa coisa toda de escola, conhecer garotos e tals.
Só queria deixar minha indignação e dizer que até chegar o final eu achei a Beth a criatura mais egoísta e falsa da face da Terra. Não sei se alguém mais teve essa impressão, mas foi o que eu achei. (e não, isso não é spoiler)