Top 3 de Halloween

Eu adoro Halloween! Na época de escola e curso de inglês era a data mais esperada no ano. Minhas fantasias eram as melhores e eu sempre ganhava prêmios ganhei duas medalhas de melhor fantasia.
Com o passar dos anos as festas e as oportunidades de festa foram acabando, mas a data sempre terá um lugarzinho no meu coração e eu comemoro de outras formas (como postar no blog).
Este ano eu fiz um top 3 das minhas coisas favoritas que tenham a ver com o Halloween:
top 3

TOP 3 FILMES

1. A Órfã
O melhor filme de todos os tempos: uma adorável garotinha de origem russa, de 9 anos é adotada por uma família americana e coisas estranhas começam a acontecer na casa.
E a voz da Esther cantando no trailer? Que amor! Isabelle Fuhrman fez uma atuação excelente. E tem Vera Farmiga divando.
É um filme bem fraco para quem gosta de filmes de terror, mas é um dos meus favoritos de todos os tempos.

2. Invocação do Mal
Pode colocar os dois filmes, né? Vera Farmiga (rainha suprema) e Patrick Wilson fazendo Ed e Lorraine Warren são os melhores. A química entre os dois atores em cena é ótima e eu fico tão encantada com a atuação dos dois que esqueço que são filmes de terror.
A parte mais assustadora nos filmes é no início quando falam que são baseados em fatos reais. A freira maldita do segundo filme também me assustou bastante (porque eu odeio freiras malditas e palhaços), mas o terror é em um nível bem aceitável.
ed-lorraine-warren

3. Pânico
A trilogia toda entra aqui, até mesmo o 4º filme que eu não gostei. Pânico foi o filme que me despertou para o gênero. Eu ia pro cinema com minha mãe assistir na estreia e a gente se amarrava.
Assisti a todas as outras franquias, como Eu sei o que vocês fizeram no verão passado… mas nenhum outro filme é tão bom quanto Pânico.
Aprendi todas as dicas de não atender à porta, não ficar conversando com estranhos no telefone e não subir às escadas ao ser perseguida com ele. Merece a colocação.

TOP 3 SÉRIES

1. Penny Dreadful
Amor da minha vida que eu nunca vou superar o fim. Penny Dreadful conta a história de Vanessa Ives e sua luta contra as forças do mal. Tem lobisomem, vampiros, o Dr. Frankstein e sua criatura, bruxas e a melhor parte: Eva Green falando o Verbis Diablo.
Só de lembrar que acabou bateu a bad e a vontade de ir no cemitério levar flores para a Vanessa Ives.
penny_dreadful_1

2. Bates Motel
Olá, Vera Farmiga, você vem sempre aqui?
Eu juro que eu comecei a assistir a série por causa de Psicose e que nem sabia que a Vera fazia parte do elenco (muito menos que era protagonista), mas foi impossível não me apaixonar, né?
Fico com tanta raiva da Norma e do Norman que faço maratona quando começo a assistir. Genial a ideia de fazer uma série contando como o assassino chegou ao auge em Psicose.
Um Tocantins inteiro para a produção.

3. Salem
Dia das Bruxas sem bruxas não é Dia das Bruxas, né amores?
Eu coloquei Salem na geladeira quando viciei muito em Penny Dreadful, mas a história é boa e eu preciso retomar, e quem sabe reassistir tudo.

TOP 3 CLIPES

1. Everybody
Everybody era meu clipe de Halloween preferido quando passava naqueles especiais da MTV. Eu nem gostava muito dos Backstreet Boys, mas Everybody era a música que eu mais gostava e sabia até a coreografia.

2. Don’t wanna let you go
Alguns anos depois Five lançou um clipe na mesma vibe de terror/suspense e eu amei (e não era apenas porque eu era fã da banda).
Tem a utilização da tecnologia para assustar os meninos da banda e eu adoro a fã nerd louca dos computadores.

3. Viva Forever
A música é linda e o vídeo não deveria ser de terror, mas gente a história é muito bizarra. Duas crianças entram na floresta e se perdem. Eles encontram um brinquedo e de dentro dele saem as fadinhas malditas das Spice Girls, que ficam dançando e levam o menino embora.
Quem precisa de filme de terror quando se tem um clipe das Spice Girls? Ninguém, né?

TOP 3 MÚSICAS

1. Halloween – Aqua
2. Thriller – Michael Jackson
3. Highway to hell – AC/DC

TOP 3 LIVROS

1. Os Sete
2. Sétimo
3. Sementes no gelo

Eu não leio muitos livros de terror. Prefiro os romances e os suspenses. Acho que todos os que eu li foram do André Vianco e sou realmente fã da escrita dele. Li muitos livros do cara e todos são bons, mas selecionei os que eu mais gostei.

Meu Top 3 de Halloween ficou assim e o seu? Como seria?

Continue Reading

Série: Jane The Virgin

janethevirgin
Jane The Virgin é uma série americana que eu conheci por causa do Clube do Livro ES e viciei porque sim. Ela é uma adaptação da novela venezuelana Juana la virgen e tem todos os clichês dos dramalhões mexicanos.
Jane
A primeira temporada está disponível na Netflix (grata) e são 22 episódios de 43 minutos. É uma série longa, se formos comparar com outras que estão fazendo sucesso.
Vou ser muito sincera e dizer que a série é ruim, mas tão ruim, tão ruim, tão ruim que chega a ser boa! No meio das reviravoltas e muitos dramas nos afeiçoamos aos personagens e começamos a fazer #teamMichael e #teamRafael.
Jane
Quando Jane era apenas uma garotinha sua avó a ensinou que novelas são a melhor forma de entretenimento e que as mulheres não podem conhecer o cegonho antes do casamento. Atualmente, Jane tem 23 anos, trabalha em um hotel e está noiva de Michael, mas durante um exame ginecológico de rotina ela foi inseminada artificialmente.
O pai do bebê de Jane não é Michael (óbvio), mas ele apoia toda e qualquer decisão de Jane em relação à criança, inclusive ficar com ela, se for o caso.
Jane
Jane descobre que os pais biológicos da criança são Petra e Rafael (seu patrão), que estão com problemas conjugais e conforme os capítulos vão se passando mais complicada fica a vida de Jane.
Não acho que seja uma série para maratonar, mas eu gosto de ficar assistindo os episódios aos poucos, antes de dormir. Um ótimo passatempo.
Alguém já assistiu ou assiste? #TeamMichael ou #TeamRafael? Ainda não tem na Netflix a segunda temporada e agora que estou terminando a segunda estou entrando em depressão porque não sei onde assistir haha (ahh! Já foi renovada para a terceira temporada #ficadica)

Jane

Continue Reading

Filme: Esquadrão Suicida

suicidesquareSuicide Square
(4/5)
Elenco: Will Smith, Jared Leto, Margot Robbie, Joel Kinnaman, Viola Davis, Jai Courtney, Karen Fukuhara, Jay Hernandez, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Ike Barinholtz, Scott Eastwood, Cara Delevingne
Distribuição Warner Bros
2016

Amanda Waller está convencida de que o governo norte-americano necessita de sua própria equipe metahumanos para combater ameaças. E ela tem a ideia genial de criar o projeto Esquadrão Suicida, selecionando os maiores vilões para participar de missões para o governo.
Como convencer os vilões a trabalhar para o governo? Implantando um chip na cabeça deles que explodirá caso alguém decida abandonar a missão. Bem motivador, né?
A primeira convocada por Amanda foi Magia, mas ela conseguiu fugir do controle e o governo precisou colocar o Esquadrão Suicida em ação.
Fazem parte do Esquadrão: Pistoleiro, Arlequina, Capitão Bumerangue, Crocodilo, El Diablo e Amarra.
O Coringa não faz parte do Esquadrão, mas está a postos tentando resgatar sua amada Arlequina.

Esquadrão Suicida era um dos filmes que eu estava esperando para assistir no cinema apenas por ser o “filme da moda”. Fui com meus amigos e esta foi a parte boa (além de pagar apenas R$4,50). Não estava com muitas expectativas, só queria assistir mesmo, mas não esperava que fosse o filme do ano, então gostei muito.
Me apaixonei pela loucura da Arlequina, ela fala cada coisa maluca que é impossível não rir. A submissão dela pelo “Pudinzinho” (aka Coringa) é doentia e quem aprova esse tipo de relacionamento só pode ser a mesma pessoa que torcia para Jessica Jones ficar com Kilgrave. Nojento!
O Jared Leto não fez trabalho ruim, mas graças a Deus a participação do Coringa foi pequena, porque achei o personagem muito chato. Queria o Batman ali torturando o infeliz lentamente…
Viola Davis estava perfeita, como sempre. E eu como besta passei o filme todo querendo lembrar o nome da atriz que faz a Arlequina (Margot Robbie) porque estava com a sensação de conhece-la de algum lugar e aí descubro que ela é a Jane de Tarzan (que eu tinha assistido no cinema poucas semanas antes)!
Vale o ingresso, mas pelo amor de Deus, assistam LEGENDADO! A dublagem tirou ótimas piadas, infelizmente.

SUICIDE SQUAD
SUICIDE SQUAD
SUICIDE SQUAD
SUICIDE SQUAD
SUICIDE SQUAD

Fotos: Adoro Cinema

Continue Reading