Como estudar inglês sozinha

No início do ano, quis melhorar minhas habilidades na língua da rainha e comecei a pesquisar como estudar inglês sozinha. Eu estudei inglês minha adolescência toda e sei além do básico, compreendo bem textos, consigo assistir séries e filmes sem legenda e me viro bem com meus conhecimentos, mas precisava praticar mais.

Estava sentindo que estava ficando enferrujada, então decidi recomeçar a estudar. A melhor opção seria um professor particular ou um curso de conversação.

Também vi aplicativos de estudo, como Cambly e ABA e gostei muito da proposta. O Cambly são aulas com base na conversação professores nativos. O ABA também tem aulas com professores nativos, mas possui conteúdo premium (para assinantes) e gratuito. A parte gratuita você consegue assistir a vídeos-aula, assinando o app, você tem acesso a lições, avaliações e direito a certificados.

Mas também os app pagos também não eram uma opção para o meu bolso, então fui sozinha procurar meu próprio conteúdo para estudar. É fácil separar o material? Não. Precisa de disciplina? Sim.

Mas como eu sou uma alma muito boa e caridosa, separei algumas dicas e links que estou usando e gostando muito.

Dica #1

Saiba qual é o seu nível de inglês. Existem vários sites que fazem isso gratuitamente, eu fiz o meu pelo ABA.

Você vai precisar saber seu nível para filtrar seu material de estudos. O meu é B2.

Dica #2

Separe 2h por dia de estudos. Quando eu fazia cursinho eram 3h de aula por semana. Com 2h diárias de dedicação dá para aprender até mais que no cursinho.

Dica #3

Tenha um cronograma de estudos. O meu tem estudos de segunda a sábado e domingo é o dia que eu tiro para separar material de estudos para a semana.

Meu calendário é:

  • Segunda-feira: Reading
  • Terça-feira: Listening
  • Quarta-feira: Listening + Speaking
  • Quinta-feira: Grammar
  • Sexta-feira: Writing
  • Sábado: Filme
  • Domingo: Separar material de estudos

Depois que eu comecei a estudar, eu percebi que seria melhor começar a semana com o Grammar e basear o resto das lições na gramática da semana. Enfim… depois de um mês estudando se eu mudar agora vai complicar minha cabeça. Mas fica a dica.

Dica #4 – Reading

Eu acho o reading a habilidade mais fácil de ser praticada porque é muito fácil encontrar qualquer coisa escrita em inglês. Mas eu comecei a praticar com o site English News In Levels. São as notícias da semana de forma resumida para a compreensão em 3 níveis: 1, 2 ou 3. Por este site meu nível é o 3.

Outra dica, é ler este site completo que além de praticar o reading você ainda pega dicas de como estudar.

Outro site interessante é o VOA Learning English. É bem completo e não tem apenas as notícias para ler, mas também áudios e lições.

Você também pode entrar em qualquer site de notícias como BBC, CNN, New York Times e ler alguns artigos.

Se quiser algo mais informal e divertido, procure fanfics em inglês. Nem todo mundo escreve corretamente, mas é um conteúdo divertido.

Dica #5 – Listening

Como eu escuto muita música em inglês eu também acho bem fácil de praticar. Eu comecei a estudar com as músicas mesmo, pegava uma música que eu não tinha ouvido ainda e ouvia no repeat até conseguir entender. Mas confesso que não é uma forma muito eficaz, apesar de ser divertida.

Nas minhas buscas eu encontrei este site (Interlink Language Centers) maravilhoso de spelling practice com muitos testes para fazer.

Mas o que eu estou usando é o site do Bristish Council. Eu estou muito apaixonada por ele. Além de praticar listening, também dá para praticar reading, writing e speaking. É um poço de diversão para quem quer estudar.

Quem quiser mais modernidade, há app para smartphone e tablet. Eu uso mais o app no iPad porque fico com preguiça de ligar o notebook.

Os áudios possuem transcrição e exercícios de compreensão com correção online.

Outro app que uso muito é o da BBC Learning English. Uso um para complementar o outro.

Dica #6 – Speaking

Como estudar inglês sozinha e conversar? Parece estranho, mas é possível. A solução mais fácil é falar sozinha. Pode parecer coisa de louco, mas funciona. Ouvir os áudios dos listening e depois ler em voz alta é bem interessante.

Se isso parece estranho, tem o app IELTSpeaking. Achei na Apple Store, mas deve ter para Android também. É um treino para o teste do IELTS, o app te faz perguntas e você responde. Suas respostas ficam gravadas e você ouve sua voz.

Se ainda parece estranho, arruma um amigo online e converse com ele. Eu uso os app HelloTalk e Tandem.

Dica #7 – Grammar

Eu comecei a estudar gramática pelo Grammar In Levels. A vantagem é que tem o livro de O Pequeno Príncipe em áudio ao final de cada lição gramatical, mas o conteúdo deixa a desejar.

Eu complemento com o British Council e pego exercícios no English Grammar. Aliás, o English Grammar foi o segundo (British Council foi o primeiro) melhor achado da minha vida estudando sozinha. Tem MUITOS exercícios online e conteúdo para baixar.

Dica #8 – Writing

Também não é difícil de treinar porque basicamente tudo o que você precisa fazer é escrever.

Aí vale desde legenda em foto no Instagram, conversar com as pessoas pelo Tandem e HelloTalk, fazer post no blog, escrever fanfics…

Mas eu tenho muita dificuldade em escrever sem uma temática. E toda semana escrever um artigo de umas 15 linhas com um tema aleatório é complicado. Foi aí que eu achei a parte teen do site do British Council.

Como é voltado para adolescentes, os temas para escrever são bem interessantes (blog, artigo de revista, e-mail formal e informarl). Antes de cada lição ainda tem uma compreensão e dicas de como escrever.

Dica #9

Consuma o máximo possível de conteúdo em inglês. Músicas, filmes, séries, vlogs, blogs, jornais, etc.

Eu estou assistindo a filmes e séries em inglês com legendas em inglês. Meu objetivo atual é compreender o máximo possível das coisas. Com a legenda eu vejo como se escreve algumas palavras e acho que aprendo mais com isso.

Dica #10

Todos os sites que eu uso:

Espero que tenham gostado das dicas, se tiver mais alguma deixa aí nos comentários. E pode ser para aprender qualquer outro idioma estrangeiro também.

Continue Reading

O que eu fiz nos últimos tempos

Eu sei que eu andei bastante sumida do blog e estou postando bem menos do que minha média, mas a vida tem dessas coisas. Pensei em voltar diversas vezes, mas não queria fazer um post aleatório só por postar. Queria contar algumas coisas que estou fazendo e “explicar” meu sumiço por aqui. Por isso resolvi falar o que eu fiz nos últimos tempos.

Então vamos por partes…

A de Avelã

Estou montando meu próprio negócio. Faço doces, bombons e chocolates por encomenda. Mas o que eu mais vendo no dia a dia são as palhas italianas gourmet (odeio esse nome, mas são uns doces de sabores diferentes dos convencionais, tenho de café, limão siciliano, maracujá, churros…)

Palha Italiana de Oreo

Pós-Graduação

Iniciei a pós-graduação em Gestão Empreendedora pelo Senac no ano passado. O curso tem tudo a ver com a A de Avelã e é de fato uma extensão da faculdade. Muitas matérias de gestão que eu estudei na faculdade estou estudando na pós, com a diferença de que já estou aplicando no meu negócio.

É um curso muito interessante para quem gosta de empreendedorismo e meu TCC será meu Plano de Negócios completo.

O que é um Plano de Negócios? Plano de Negócios é um documento que orienta o empreendedor na criação do empreendimento. Nele contém todos detalhes do plano de marketing, público alvo, produtos, funcionários necessários, fluxo de caixa, etc. Ele também pode ser utilizado para atrair investidores.

O bacana é que cada aluno termina a pós com uma pós-graduação no currículo e um plano de negócios completo e corrigido pelos professores.

Filme: Viajantes 2 – Aventura agora é na fazenda

Gravei mais um filme! No início de 2018 gravamos mais um filme, a continuação de Viajantes. O primeiro filme foi uma sátira ao BBB, esse segundo filme é uma sátira À Fazenda. Tem cenas da gente correndo atrás de galinha, procurando baú no bananal, dançando até cair…

O filme foi lançado em novembro no Cine Jardins, um cinema de Vitória. E em janeiro deste ano foi lançado no YouTube para todo mundo assistir. Só clicar aqui.

Websérie Resistentes

No segundo semestre de 2018 gravamos a segunda temporada de Resistentes. Ela ainda será lançada. No próximo dia 21 para os atores e convidados e em março estará disponível no YouTube. Divulgarei o link assim que sair.

Ainda sobre Resistentes… a primeira temporada foi indicada para o Rio WebFest que aconteceu no Rio de Janeiro em novembro. Concorremos com webséries de todo o Brasil e América Latina e ficamos entre os finalistas. Só de termos chegado ao festival já foi uma vitória. Primeira web capixaba no festival.

Teatro

E claro, continuei no teatro. É uma coisa que eu amo muito e terminei o ano de 2018 com 8 peças no currículo e, finalmente, o DRT em mãos.

No fim do ano apresentamos a peça: E foram felizes para sempre… Será? Uma comédia contando a vida dos príncipes e princesas após o “felizes para sempre”.

Gatos

A família felina aqui de casa aumentou. No início de 2018 adotamos a Mel, uma gatinha de olhos azuis. Ela ficava em um escritório no bairro vizinho, mas o pessoal ia se mudar para o interior e queriam abandonar a gata. O pintor que faz serviço aqui em casa ficou com dó e trouxe ela para a gente.

O nome surgiu porque eu fui conversar com ela e perguntei:

– Qual é o seu nome?

– Meow

– Meow?

– Meow.

– Meow… Mel? Seu nome é Mel!

– Mel.

No dia do segundo turno das eleições eu estava indo votar e perto da igreja eu vi um gatinho preto gritando desesperado. Peguei ele, levei pra votar comigo e trouxe para casa. Assim chegou o Ninho.

Por que o nome não é Léon? Porque Léon não é nome de comida (e ele não gostou dos outros nomes sugeridos. Nem ligo se leite Ninho é branco e meu gato é preto).

Francisco: ele foi um anjinho que ficou pouco tempo conosco. Eu tinha acabado de voltar do médico e a vizinha chegou perguntando se um gatinho preto era nosso, porque estava pendurado no fio de telefone. Aí minha prima foi lá ver e trouxe um gatinho com cordão umbilical e olhos fechados. A vizinha mandou uma mamadeira e um Pet Milk junto.

Fiquei quase duas semanas cuidando do Francisco, sem sair de casa (quando saía eu levava ele na bolsa de transporte com a mamadeira em outra bolsa térmica), dando mamadeira de 3 em 3 horas, ele abriu os olhinhos, começou a dar os primeiros passos, mas dois dias depois ele começou a perder peso, teve uma diarreia, foi ficando bem fraquinho e não resistiu. Estamos há 1 semana sem o Francisco.

Atualmente eu tenho: Pudim, Muffin, Biju, Pipoca, Cacau, Mel e Ninho. E Chocolate, o cachorro.

Então é isso… esse foi o resumo da minha vida nos últimos meses. Acho que alguns desses tópicos rendem posts maiores. Se tiverem alguma dúvida ou quiserem saber mais sobre pode perguntar, responderei com o maior prazer.

Continue Reading

Livro: Todo o tempo do mundo

Maurício Gomyde
(5/5)
2018
Astral Cultural

Antes de começar a resenha, vou contar a situação de como descobri a sinopse: Maurício estava presente no bate-papo do Amigo Livro explicando sobre o que era Todo o tempo do mundo. Eu sou do tipo de pessoa que quando gosta de um autor vai lá e compra o livro e começa a ler sem nem saber do que se trata. Para a minha surpresa, ele diz que o livro é sobre viagem no tempo.
Pera aí. Viagem no tempo? Maurício começou a escrever ficção científica? Fique descrente, porque ele é um excelente autor de romances, mas quando colocou “viagem no tempo” eu fiquei com um pé atrás. Porém como sou muito curiosa, iniciei a leitura para saber como seria a história.

Eu sou do tipo de pessoa que quando gosta de um autor vai lá e compra o livro e começa a ler sem nem saber do que se trata. Para a minha surpresa, ele diz que o livro é sobre viagem no tempo.
Pera aí. Viagem no tempo? Maurício começou a escrever ficção científica? Fique descrente, porque ele é um excelente autor de romances, mas quando colocou “viagem no tempo” eu fiquei com um pé atrás. Porém como sou muito curiosa, iniciei a leitura para saber como seria a história.

Felicidade é viver a verdade que mora no fundo de seu peito, aquela que ninguém jamais vai conseguir arrancar de você

Vitor Pickett é um homem peculiar. Dono de uma vinícola em uma cidadezinha no Sul do Brasil ele vive recluso em seu universo de parreiras e vinhos, com pouco contato com pessoas.
Quando era adolescente ele descobriu que tinha um dom (ou uma maldição): toda a vez que ele ficava muito feliz ele viajava para o passado e toda vez que ele fica muito triste ele vai para o futuro. E ele descobriu isso da pior forma possível, ao beijar sua crush, Amanda, na festa da escola. No ponto alto de toda existência dele até então, Vitor volta ao passado e com isso ele perde Amanda de vista.
No dia seguinte ela viajou com a família para outro país e eles sofreram um atentado terrorista, no qual Vitor teve certeza de que ela morreu.
Mas ela está viva, casada, morando na Argentina e trabalhando como gerente em uma livraria.
Anos mais tarde, a turma quer se reencontrar e fazer uma festa de 20 anos de formados. Vitor e Amanda recebem o convite e por alguma razão que só o destino sabe, eles decidiram ir.
Na festa eles se reencontram e têm a chance de reviver o que o passado não permitiu, mas para isso muitas coisas precisarão ser esclarecidas.
Amanda precisa contar o que aconteceu com ela durante todo esse tempo e Vitor precisa entender os motivos pelos quais ele viaja no tempo.
A história é linda, emocionante, com excelentes pontos de virada e o Maurício continua surpreendendo o leitor e deixando-o sem palavras.
Se você ficou com preconceito com o livro só porque leu viagem no tempo na sinopse, esqueça. A história é muito mais profunda e não gira em torno disso. O fato só tempera a narrativa, o romance continua sendo o elemento principal e o desenrolar dessa história de amor de duas décadas é o que fica em evidência.
Assim como os personagens, a todo tempo somos indagados sobre o que é felicidade genuína e a cada resposta deles, mais refletimos sobre a nossa própria felicidade.
É aquela história que nos faz pensar na vida e nos traz questionamentos existenciais sem nos darmos conta, mas no fim do dia acabamos a leitura com um quentinho no peito e a sensação de conforto que só um bom livro nos proporciona.

Felicidade é uma sequência de segundos que a gente deseja que dure pela eternidade.

Maurício novamente se supera como autor e traz mais um livro emocionante. Eu estava no meio de uma ressaca literária li o livro em menos de 3 dias. Simplesmente não podia largar o livro enquanto não soubesse o que aconteceria com Vitor e Amanda.
Quer começar 2019 nas leituras? Esta é a minha indicação.

Mais uma foto com o autor para a minha coleção (o livro também está autografado)

Continue Reading